SÃO NESTE MOMENTO :

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

ARQUIVO

PESQUISAR NO BLOG:

 

POST RECENTES

Prémio Mérito e Excelênci...

Manoel de Oliveira faz ho...

João Lopes comenta a estr...

Morreu António Feio

António Feio - Mensagem P...

MANOEL DE OLIVEIRA

Portugal - Morreu João Bé...

O Schindler português, sa...

Cinema - Quando uma vida ...

GLOBOS DE OURO - Kate Win...

Cinema - TOP - filmes mai...

Cultura - Cinema - Manoel...

LINKS

PESQUISAR NO BLOG:

 

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

O MUNDO É PEQUENO

Bem Vindo a este Espaço :-)

Quinta-feira, 24 de Março de 2011

Prémio Mérito e Excelência - Artur Agostinho

 

 SIC

24-05-2010

 

 

 

 

Por toda uma vida dedicada à rádio, cinema, televisão e teatro

 

:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 00:47
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 11 de Dezembro de 2010

Manoel de Oliveira faz hoje 102 anos

SOL

 

Manoel de Oliveira
Faz Hoje
102 anos

 

 

11 de Dezembro, 2010

 

Manoel de Oliveira - 102 anos (SOL)

 

 

O realizador português Manoel de Oliveira celebra hoje no Porto 102 anos, em família e a descansar, porque o relógio não pára e no domingo estará em Santa Maria da Feira a propósito de... cinema.

Fonte da família explicou à agência Lusa que Manoel de Oliveira passará um dia «recatado», com um jantar em família e com filhos, netos e bisnetos a celebrarem a longevidade do mais velho realizador mundo ainda a trabalhar.

No domingo, Manoel de Oliveira estará em Santa Maria da Feira a convite do Festival de Cinema Luso-Brasileiro, que o homenageia, para mostrar o mais recente filme que rodou, O estranho caso de Angélica.

A longa-metragem, que recupera um argumento de Manoel de Oliveira com mais de cinquenta anos, ainda não tem estreia comercial nos cinemas, nada que deva perturbar muito o realizador que já só pensa nas próximas produções.

Na quinta-feira esteve em Serralves, no Porto, onde foi exibida a curta-metragem Painéis de São Vicente de Fora, visão poética e no final o cineasta disse aos jornalistas que há vários projectos que têm que ser feitos antes «de passar desta para a outra».

Manoel de Oliveira não tem medo da morte, mas do sofrimento, e remete para os astros a energia e a sorte de ainda estar vivo e a trabalhar.

Já lá vão quase oitenta anos desde que Manoel de Oliveira, então com 23 anos, estreou a curta-metragem documental Douro, faina fluvial, um fresco mudo, a preto e branco, sobre a relação do Porto com o rio Douro.

Esse filme foi feito com uma câmara de filmar oferecida pelo pai e com a ajuda do amigo e fotógrafo António Mendes.

A estreia desse filme aconteceu a 19 de Setembro de 1931, no mesmo dia em que morreu Aurélio da Paz dos Reis, considerado o pai do cinema português.

Agora, que Manoel de Oliveira tem 102 anos e que o cinema já é também em 3D, Douro, faina fluvial voltou pela primeira às salas comerciais restaurado e remasterizado a acompanhar a exibição de um dos mais conhecidos filmes dele, Aniki Bobó (1942).

Aos 102 anos, o passado teima em estar presente quando se fala de Manoel de Oliveira, mas o realizador defende que «a própria vida não tem nada de original».

«Foi o viver que me ajudou a fazer cinema e não o contrário», resumiu.

Lusa/SOL

 

 


 

Posts anteriores:

 

  1. MANOEL DE OLIVEIRA

    11 Dez 2009 por bomsensoamiguinhos

    [P A R A B É N S !!! Manoel de Oliveira Pelos 101 Anos Foto retirada da NET Manoel Cândido Pinto de]

  2. Prémio para Manoel de Oliveira

    12 Fev 2009 por bomsensoamiguinhos

    [Prémio para Manoel de Oliveira Vídeo Artes & Espectáculos 2009-02-11 11:29:05 Manoel de Oliveira]

  3. Cultura - Cinema - Manoel de Oliveira Celebra 100 anos

    12 Dez 2008 por bomsensoamiguinhos

    [VISÃO Visao Cultura Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008 Entrevista com Manoel de Oliveira Cinema a]

  4. Vidas - Longevidade de uns quantos Portugueses

    15 Dez 2008 por bomsensoamiguinhos

    [.prensaescrita.com/diarios.php Há 600 portugueses mais velhos que Manoel de Oliveira CÉU NEVES Vidas. As pessoas com 100 e mais anos]

:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 12:17
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010

João Lopes comenta a estreia de "A Verdade da Crise" e outras novidades nas salas e em DVD

SIC

Notícias Cultura

11/11/2010

 

 

 

 

 

 

 


 

A Verdade da Crise

 

 

 

Estreias: Inside Job - A Verdade da Crise, RED - Perigosos, Jackass 3D e mais!

Estreias:

Inside Job - A Verdade da Crise, RED - Perigosos, Jackass 3D e mais!

Quinta, 11 de Novembro de 2010

 

 

Inside Job - A Verdade da Crise


As razões que levaram ao surgimento da crise económica, que rebentou em 2008, são enumeradas uma a uma neste trabalho assinado pelo documentarista Charles Ferguson. Com narração do actor Matt Damon, Inside Job - A Verdade da Crise pretende desvendar a "verdade da crise", enumerando as suas causas através de entrevistas a conceituados economistas, políticos e comentadores.

 

No ar fica a ideia de que tudo poderia ter sido evitado.


Veja aqui o trailer do filme Inside Job - A Verdade da Crise

 

 

 

http://aeiou.escape.expresso.pt/muito-bom-cinema/estreias-inside-job-a-verdade-da-crise-red-perigosos-jackass-3d-e-mais:30-1184993

:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 22:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

Morreu António Feio

 

SIC

Publicação: 30-07-2010 00:20
Última actualização: 30-07-2010 01:23

Morreu

o actor e encenador

António Feio

Morreu esta quinta-feira o actor e encenador António Feio às 23h25, no Hospital da Luz, em Lisboa. António Feio, 55 anos, estava internado desde a passada terça-feira, sofria de um câncro no pâncreas.

 

 


 

 

 

António Feio

 

Actor e Encenador Português

(Lourenço Marques, 6 de Dezembro de 1954)

http://cinema.sapo.pt/pessoa/antonio-feio/biografia

 

 

Portugal

 

 

 

Ver:


António Feio - Mensagem Poderosa

SEXTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2010

 

http://bomsensoamiguinhos.blogs.sapo.pt/175008.html

 

 


: O País ficou mais Pobre !!!
Publicado por bomsensoamiguinhos às 01:30
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 19 de Março de 2010

António Feio - Mensagem Poderosa

  SAPO Cinema - 12-03-2010 16:00 

TRAILER 

 

António Feio

 

Louva Novo Filme de

 

Fernando Fragata, com Joaquim de Almeida
 

 

 

 

  
«Contraluz» é o título do filme que Fernando Fragata, realizador de «Sorte Nula», realizou nos EUA com Joaquim de Almeida, e que mereceu o louvor de António Feio na abertura do respectivo «trailer».

 
 
«Daqui a 100 anos a população actual do mundo estará morta. Os nossos familiares. Os nossos amigos. Os nossos filhos. Tu e eu. 7 mil milhões de seres humanos desaparecerão para sempre. Todos caminhamos em direcção à luz. Até lá… Vive, em Contraluz!».
Esta é a premissa do novo filme de Fernando Fragata, que se pode ler no respectivo «trailer», precedida por uma mensagem sentida de António Feio, a reconhecer o valor de se aproveitar cada minuto de vida, algo que parece estar subjacente ao tema da película. Aliás, «aproveita cada dia... cada momento... agradece... e não deixes nada por dizer... nada por fazer» é um dos motes de promoção da fita.
Fernando Fragata, que tem no currículo sucessos de bilheteira como «Pesadelo Cor-de-Rosa» e «Sorte Nula» (em que participou António Feio), rodou «Contraluz» nos EUA («Backlight» é o título internacional) com actores como Joaquim de Almeida, Evelina Pereira, Scott Bailey, Michael Mania e Ana Cristina Oliveira. A data de estreia em cinema ainda não foi divulgada.
 

 

António Feio

 

Actor e Encenador Português

 (Lourenço Marques, 6 de Dezembro de 1954)

http://cinema.sapo.pt/pessoa/antonio-feio/biografia 

 

Portugal



Publicado por bomsensoamiguinhos às 19:24
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009

MANOEL DE OLIVEIRA

 

P A R A B É N S !!!

 

Manoel de Oliveira

 

Pelos

 

101 Anos

 

 

Foto retirada da NET

 

Manoel Cândido Pinto de Oliveira

Porto, 11 de Dezembro de 1908

 

 

Realizador mais velho do mundo em actividade, e

autor de trinta e duas longas-metragens

 

♦♦♦

 

Aconteceu em 2008

 

Vídeo

 

http://jn.sapo.pt/multimedia/video.aspx?content_id=1056601

 

 

 

Post de bomsensoamiguinhos:

 

http://bomsensoamiguinhos.blogs.sapo.pt/7157.html

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 22:45
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Portugal - Morreu João Bénard da Costa

Agência Lusa, Publicado em 21 de Maio de 2009

 

 

 
 
Portugal
 
Morreu João Bénard da Costa
 
 
“Aos 50 anos, somos velhos para os de 20 ou 30, mas quando chegamos aos 70 ou 80, invejamos os de 50 e lamentamos termo-nos visto com o olhar dos que aí vinham e não com o dos que por lá tinham passado."
 
João Bénard da Costa
 
 
 
 
O funeral do director da Cinemateca Portuguesa realiza-se sexta-feira à tarde no Cemitério dos Olivais, em Lisboa
 
 

Obras

 

 

Livros da Autoria de João Bénard da Costa:
 
-Os filmes da minha vida, Assírio e Alvim, Lisboa, 1990
- Muito lá de casa, Assírio e Alvim, Lisboa, 1993
- Histórias do Cinema Português, Lisboa, 1991
- Mary Meerson e o cinema como magia, C.P., Lisboa, 1983
- O cinema português nunca existiu, CTT, Lisboa, 1996
- Decifrar o cinema egípcio, C.P., Lisboa, 1997
- O cinema vai ao teatro, C.P., Lisboa, 1996
- O Musical, 1987
 
Monografias da sua autoria:
- Alfred Hitchcock, 1982
- Luis Buñuel, 1982
- Fritz Lang, 1983
- John Ford, 1983
- Josef Von Sternberg, 1984
- Nicholas Ray, 1984
- Howard Hawks, 1988
 
Foi um dos fundadores da revista O Tempo e o Modo, em 1963, onde foi chefe de redacção e, mais tarde, se tornou director, entre 1963 e 1970.
 
 

 

 

Biografia

 

João Bénard da Costa nasceu em Lisboa a 7 de Fevereiro de 1935.
 
Durante a instrução primária, frequentou um colégio de freiras e o Lar Educativo João de Deus, tendo concluído o quarto ano em casa com um explicador. No 5º ano passou para o Liceu Camões, onde chumbou dois anos, tendo depois mudado de área e concluído os estudos no Liceu Pedro Nunes.
 
É licenciado em Ciências Histórico-Filosóficas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1959, com uma tese intitulada “Do Tema do "Outro" baseada no filósofo francês Emmanuel Mounier.
 
Após acabar o curso, foi convidado pelo Prof. Delfim Santos para seu Assistente naquela faculdade, mas foi-lhe impedida a carreira universitária por informação desfavorável da P.I.D.E., devido à intensa actividade política que sempre desenvolveu contra o regime.
 
Ingressou no ensino liceal, tendo sido professor de História e Filosofia no Seminário Menor de Almada, no Externato Frei Luís de Sousa da mesma cidade, no Liceu Camões e no Colégio Moderno, entre 1959 e 1965.
 
Foi Presidente-Geral da Juventude Universitária Católica (1957/1958) e trabalhou como dirigente cineclubista num clube de cinema universitário, de 1957 a 1960.  
 
Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian entre 1960 e 1963, para poder continuar os estudos, e ter mais acesso a mais informação, nomeadamente à biblioteca particular de Emannuel Mounier, filósofo francês sobre o qual realizou a sua tese de doutoramento.
 
Em 1963 foi um dos fundadores da Revista “O Tempo e o Modo”, de que foi chefe de redacção (e onde colaborou com nomes como Pedro Támen, Salgado Zenha, Nuno Bragança) enquanto António Alçada Baptista esteve na revista e, depois, director após a retirada deste da revista, entre 1963 e 1970.
 
De 1964 e 1966, foi investigador no Centro de Investigação Pedagógica da Fundação Calouste Gulbenkian e de 1966 a 1974 foi secretário executivo da Comissão Portuguesa da Associação Internacional para a Liberdade da Cultura.
 
Em 1969 assumiu funções como responsável pelo Sector de Cinema do Serviço de Belas-Artes da Fundação Calouste Gulbenkian, ao tempo da criação deste sector. Exerceu essas funções até 1991.
 
De 1973 a 1980, voltou ao ensino como Professor de História do Cinema da Escola Superior de Cinema do Conservatório Nacional.
 
Em 1980, foi nomeado subdirector da Cinemateca Portuguesa, de que actualmente, e desde 1991, é director.
 
Entre 1990 e 1995, foi presidente da Comissão de Programação da Federação Internacional de Arquivos de Filmes (FIAF). Em 2000 foi responsável pelo capítulo cinema português da enciclopédia Einaudi, incluído na História do Cinema Mundial, coordenada por Gian-Piero Brunetta, e colaborou ainda com ensaios sobre o cinema português em obras colectivas sobre a arte do século XX, editadas pelo Centro Nacional de Cultura (1998) ou pelo AR.CO (1999).
 
Em 1997, foi nomeado pelo Presidente da República (Jorge Sampaio), presidente da comissão do Dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas, cargo que continua a ocupar até ao presente.
 
Possui as comendas de Officier des Arts et des Lettres de França e a Ordem do Infante D. Henrique, com que foi agraciado pelo Presidente Mário Soares em 1990. Em 1995, a Universidade de Coimbra concedeu-lhe o Prémio de Estudos Filmicos, por ocasião da primeira atribuição deste prémio. O Prémio Pessoa em 2001 foi a sua mais recente distinção.

 

Fonte:

www.escamoes.pt/alunoscomotu/ALUNOS_COMO_TU/alunos_como_tu/Joaocosta/Audiovisuais.htm

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 00:02
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 1 de Fevereiro de 2009

O Schindler português, salvou 30 mil judeus desobedecendo à regra salazarista

 

Correio da Manhã

01 Fevereiro 2009 - 00h30

 

Aristides de Sousa Mendes

 

João Correa e Francisco Manso vão filmar vida de Aristides de Sousa Mendes (na foto), que desobedeceu a Salazar e salvou milhares dos campos de concentração nazis

 

João Correa e Francisco Manso vão filmar vida de

Aristides de Sousa Mendes (na foto),

que desobedeceu a Salazar

e salvou milhares dos campos de concentração nazis

 

 

 

Filme
Aristides de Sousa Mendes em biografia ficcionada
 
Cônsul heróico vai chegar ao cinema
 

Chamam-lhe o Schindler português, pois salvou 30 mil judeus desobedecendo à regra salazarista de não serem passados Vistos a refugiados, e ficou no terceiro lugar do concurso da RTP que elegeu ‘Os Grandes Portugueses’. Foi a "surpresa total" para José Mazeda, produtor de ‘O Cônsul de Bordéus’, filme que Francisco Manso e João Correa vão rodar a partir de 28 de Abril.

"Não imaginava que tanta gente conhecesse Aristides de Sousa Mendes", espanta-se o produtor, que ainda não escolheu o actor que interpretará o herói que resgatou tantas vidas ao Holocausto. "Será uma biografia ficcionada, com romance", diz Mazeda, já em negociações para levar a película além-fronteiras.

 

"À primeira vista, ele era um aristocrata, monárquico e progressista e só mais tarde percebi que esta primeira ideia derivava da má propaganda que se fez contra ele durante anos", conta João Correa, cineasta português radicado em Bruxelas há 46 anos, que desde há dez investiga a vida de Sousa Mendes. Hoje, mais do que um herói, Aristides é, para Correa, "um homem profundamente português nas qualidades".
 
Qualidades que encantaram também o primo Francisco Manso, co-realizador da produção de cerca de três milhões de euros da Take 2000. "Ele teve a coragem de pensar por si próprio e teve uma dose de humanidade do tamanho do Mundo", lembra o realizador.
 
Com apoios do Instituto do Cinema e Audiovisual, RTP e Instituto de Cinema e Artes Audiovisuais de Espanha – segundo o produtor, "o primeiro filme nacional com apoio espanhol" –, é uma co-produção portuguesa, espanhola e belga, estando em negociações a parceria com o Brasil.
 
A rodagem passa por Bordéus, França – centro dos acontecimentos de 1940, na II Guerra Mundial –, Norte de Portugal, Lisboa e Brasil (Manaus). ‘O Cônsul de Bordéus’ estreia até ao fim do ano.

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 22:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 18 de Janeiro de 2009

Cinema - Quando uma vida corre ao contrário - ESTREIA - Filme de David Fincher - adapta um conto de Scott Fitzgerald

DN ONLINE

LISBOA, 15.01.2009

dn.sapo.pt/2009/01/15/artes/quando_vida_corre_contrario.html

 

Quando uma vida corre ao contrário
 

   NUNO GALOPIM

 

 

Cinema. Estreia hoje em Portugal o filme 'O Estranho Caso de Benjamin Button'. Protagonizado por Brad Pitt e Cate Blanchett, é, apesar do desaire nos Globos de Ouro, um sério candidato aos Óscares

Filme de David Fincher adapta um conto de Scott Fitzgerald

E se, contra a lógica dos ponteiros do relógio, que rodam ao ritmo de 60 segundos por minuto, em sentido directo, uma vida acontecesse ao contrário? Começaria na velhice e cresceria, ano após ano, revelando cada vez mais evidentes sinais de juventude, como se o relógio que a comanda tivesse os ponteiros irremediavelmente em sentido inverso? Este é o ponto de partida de O Estranho Caso de Benjamin Button, um conto de F. Scott Fitzgerald publicado em 1921 que agora conhece adaptação ao cinema por David Fincher.

Com acção transferida de Baltimore para Nova Orleães, o filme acompanha a história de Benjamin Button (interpretado por Brad Pitt), que nasce na noite em que a cidade celebra o fim da Primeira Guerra Mundial. Com pele enrugada, é um velho em corpo de bebé. E contra o diagnóstico do médico, sobrevive. Educado num lar de idosos, não sente na pele o peso da diferença, mas ao mesmo tempo que vê os companheiros a piorar e morrer, rejuvenesce. É nesses dias que conhece Caroline (Cate Blanchett). Entre os dois nasce uma ligação, depois um amor, que, por vivido com ciclos de vida opostos, nasce devagar, encontra equilíbrio na meia-idade, mas acaba condenado a um desfecho que se imagina trágico.

História de um amor desencontrado, O Estranho Caso de Benjamin Button cruza com as personagens o tempo através do qual evoluem as duas vidas. Da Nova Orleães dos anos 20 à Rússia em tempos da Segunda Guerra Mundial, mais tarde descobrindo a Nova Iorque dos anos 50 ou escutando rock'n'roll nos dias de 60.

A cuidada direcção artística e o trabalho de guarda-roupa já mereceram ao filme algumas nomeações e mesmo prémios. O filme venceu já categorias de Melhor Filme em diversas associações de críticos, entre as quais a National Board of Review. Aos Globos de Ouro concorreu com cinco nomeações, terminando contudo a cerimónia sem uma única vitória. Apesar do desaire nos Globos de Ouro, o filme está entre os favoritos para as nomeações para os Óscares, que serão reveladas em
F I L M E
 
 
 
 
 
Publicado por bomsensoamiguinhos às 13:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 12 de Janeiro de 2009

GLOBOS DE OURO - Kate Winslet foi a grande vencedora da noite

DIÁRIO DIGITAL

segunda-feira, 12 de Janeiro de 2009 | 07:27

 

 

 
Globos de Ouro: Kate Winslet foi a grande vencedora da noite
 


O filme «Slumdog Millionaire» conquistou três Globos de Ouro na cerimónia de domingo em Los Angeles, onde Kate Winslet se afirmou como a grande vencedora, com dois prémios como actriz.

 

«Lamento muito», disse Kate Winslet aos seus concorrentes, ao receber o prémio para Melhor Actriz Dramática em «Revolutionary Road». «Será que isto está mesmo a acontecer?», questionou.

 

Pouco antes, Kate Winslet tinha ganho o Globo de Ouro como Melhor Actriz Secundária em «The Reader», no qual desempenha o papel de uma antiga guarda de campo de concentração nazi.

 

«Slumdog Millionaire« recebeu os Globos de Ouro para Melhor Realizador, Danny Boyle, bem como Melhor Guião e Melhor Banda Sonora.

 

Diário Digital / Lusa

 

 

⇔⇔⇔

 

 

 

Globos de Ouro: Lista completa dos prémios
 


Lista completa dos vencedores da 66.ª cerimónia anual de entrega dos Globos de Ouros que decorreu no domingo em Los Angeles, numa iniciativa da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood.

 

 

CINEMA:

- Filme, drama: «Slumdog Millionaire»
- Filme, musical ou comédia: «Vicky Christina Barcelona»
- Actor, drama: Mickey Rourke, «The Wrestler»
- Actriz, drama: Kate Winslet, «Revolutionary Road»
- Realizador: Danny Boyle, «Slumdog Millionaire»
- Actor de musical ou comédia: Colin Farrell, «In Bruges»
- Actriz de musical ou comédia: Sally Hawkins, «Happy-Go-Lucky»
- Actor secundário: Heath Ledger, «Batman - O Cavaleiro das Trevas»
- Actriz secundária: Kate Winslet, «The Reader»
- Filme em língua estrangeira: «Valsa Com Bashir»
- Filme de animação: «Wall-E»
- Guião: Simon Beaufoy, «Slumdog Millionaire»
- Banda Sonora original: A.R. Rahman, «Slumdog Millionaire»
- Canção original: «The Wrestler» (interpretada por Bruce Springsteen, escrita por Bruce Springsteen), «The Wrestler»

 Série dramática: «Mad Men»
- Actor dramático: Gabriel Byrne, «In Treatment»
- Actriz dramática: Anna Paquin, «True Blood»
- Série musical ou comédia: «30 Rock»
- Actor de musical ou comédia: Alec Baldwin, «30 Rock»
- Actriz de musical ou comédia: Tina Fey, «30 Rock»
- Mini-série ou filme: «John Adams»
- Actriz de mini-série ou filme: Laura Linney, «John Adams»
- Actor de mini-série ou filme: Paul Giammatti, «John Adams»
-Actriz secundária de série, mini- série ou filme: Laura Dern, «Recount»
- Actor secundário de série, mini- série ou filme: Tom Wilkinson, «John Adams»

 

Prémio Cecil B. DeMille: Steven Spielberg.

Diário Digital / Lusa

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 20:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 10 de Janeiro de 2009

Cinema - TOP - filmes mais vistos em 2008

 

 

 

Os filmes mais vistos em 2008

 

www.ica-ip.pt/Admin/Files/Documents/contentdoc1269.pdf

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 13:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

Cultura - Cinema - Manoel de Oliveira Celebra 100 anos

VISÃO

Cultura
Sexta-feira, 12 de Dezembro de 2008

Entrevista com Manoel de Oliveira 

 
Cinema a vida toda 

 

Manoel de Oliveira celebra cem anos, esta quinta-feira, fazendo um novo filme e preparando já o seguinte, com a criatividade, o entusiasmo e a energia de sempre. Símbolo hoje universal da «sétima arte», o mais antigo realizador em actividade falou à VISÃO

 

José Carlos de Vasconcelos  - 11 Dez 2008
 

 Foto de: José Carlos Carvalho 

 

Ele respira cinema, vive pelo e para o cinema, apaixonadamente. E chega aos cem anos a fazer cinema. Com uma incrível, fantástica, pedalada, a que não falta até a alegria e o humor. Já com projectos para novos filmes a seguir ao Singularidades de uma Rapariga Loira que está a realizar. Assim, por um destes dias,  Manoel de Oliveira poderá ser visto numa rua de Lisboa a dirigir, de chapéu na cabeça, cachecol ao pescoço e bengala na mão, a película tirada do conto de Eça de Queirós. «Refiz, actualizei, adaptei as circunstâncias de então aos dias de hoje – senão o filme ficava caríssimo... – sem destruir nem a história, nem o diálogo, nem as palavras de Eça, que são fundamentais», diz-nos o realizador, que espera concluir a rodagem num só mês! Para depois passar à fita seguinte, O Estranho Caso de Angélica, que quer levar ao Festival de Cannes, ainda em 2009!

 

Cont... clix.visao.pt/Actualidade/Cultura/Pages/manoeloliveira100anos.aspx

 

 ⇔⇔⇔⇔⇔

 

Diário Digital

sábado, 13 de Dezembro de 2008 | 20:5

 

Cavaco condecora Manoel de Oliveira
 


O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva que hoje condecorou Manoel de Oliveira com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, enfatizou a «singularidade» do realizador, cuja carreira «é uma das mais longas que há memória».

 

 

«A singularidade de uma carreira, uma das mais longas que há memória, singularidade de se manter em actividade e com projectos na cabeça para o futuro», disse o Chefe de Estado.

 

Cavaco Silva prosseguiu enfatizando a «singularidade» do cineasta designadamente da sua carreira internacional, dos prémios e honrarias que recebeu e «da sua própria obra».

 

«A singularidade de ter contribuído para projectar o nome de Portugal e da cultura portuguesa nos quatro cantos do mundo«, acrescentou Cavaco Silva. ... 

FONTE:  diariodigital.sapo.pt/news.asp

 

 ⇔⇔⇔⇔⇔

 

CRONOLOGIA DE MANOEL OLIVEIRA

 

   JORNAL DIGITAL  -  2008-12-10 16:21:00

Centésimo aniversário do cineasta
Cronologia de Manoel de Oliveira
 jornaldigital.com/noticias.php

    "...

11 de Dezembro de 1908 - Nasceu Manuel Cândido Pinto de Oliveira no Porto, mas foi registado no dia seguinte.
Filho de Cândida Pinto e Francisco de Oliveira, o primeiro fabricante de lâmpadas em Portugal, teve dois irmãos, Francisco e Casimiro, e dois meio-irmãos.
Estudou no Colégio Universal, no Porto, e num colégio de jesuítas perto de La Guardia, Galiza.
1928 - Inscreveu-se na Escola de Actores de Cinema e entrou como figurante no filme «Fátima Milagrosa», de Rino Lupo.
1929 - Começou a rodar o primeiro filme, «Douro, faina fluvial», com uma câmara oferecida pelo pai e com a ajuda do amigo e fotógrafo António Mendes.
1930 - Fez o documentário «Hulha Branca», sobre a empresa do pai.
1931 - A 19 de Setembro de 1931, no dia em que morreu Aurélio da Paz dos Reis, considerado o pai do cinema português, antestreou em Lisboa o documentário mudo «Douro faina fluvial», no Congresso Internacional da Crítica. Foi vaiado pelo público. O dramaturgo italiano Luigi Pirandello esteve presente na estreia e estranhou a pateada.
1933 - Participou como actor em «A canção de Lisboa», de Cotinelli Telmo.
1938 - Venceu a II rampa do Gradil num carro Edford. As corridas de automóveis, assim como o atletismo, são uma das suas paixões de juventude.
1940 - Casou a 04 de Dezembro com Maria Isabel Brandão Carvalhais e abandonou o automobilismo.
1941 - Estreou «Aniki Bobó», baseado no conto «Meninos Milionários», de Rodrigues de Freitas.
1941 - Nasceu o primeiro dos quatro filhos do realizador.
1946 - Em entrevista à revista Filmagem admitiu abandonar a carreira. Dedica-se à viticultura no Douro.
1955 - Fez um estágio na Agfa, em Leverkussen, Alemanha, sobre cor aplicada ao cinema.
1963 - Estreou «O Acto da Primavera» e é levado pela PIDE para interrogatório em Lisboa, onde conhece o escritor Urbano Tavares Rodrigues.
1964 - Recebeu Medalha de Ouro no Festival de Siena, Itália, com "Acto da Primavera".
1965 - Cinemateca Francesa realizou retrospectiva da sua obra.
- Dedica a curta-metragem «As pinturas do meu irmão Júlio» à obra do pintor Júlio Maria dos Reis Pereira, irmão do escritor José Régio.
Entre 1971 e 1981 realizou a «Tetralogia dos amores frustrados»: «O Passado e o Presente» (1972), «Benilde ou a Virgem Mãe» (1974), «Amor de Perdição» (1978) e «Francisca» (1981).
1978 - Estreou na RTP a uma série de seis episódios a partir de «Amor de Perdição», de Camilo Castelo Branco. O filme estrearia no ano seguinte.
1980 - Participou no filme «Conversa acabada», João Botelho.
1981/1982 - Realizou «Memórias e confissões» que só pode estrear ou ser exibido publicamente depois da sua morte. Foi rodado numa casa no Porto onde o realizador viveu, conta com diálogos de Agustina Bessa-Luís e vozes de Diogo Dória e Teresa Madruga. O filme está depositado na Cinemateca Portuguesa.
1982 - Recebeu a Comenda da Ordem de Mérito da República Italiana.
1983 - Foi condecorado Comendador da Ordem de Artes e Letras de França.
1985 - Estreou o filme «O sapato de cetim», de quase sete horas, e recebeu Leão de Ouro em Veneza pelo conjunto da carreira.
1987 - Em Julho estreou-se como encenador de teatro em Itália com um espectáculo baseado no conto «De profundis», de Agustina Bessa-Luís.
1988 - Estreia do filme-ópera «Os canibais» que conta pela primeira vez com a participação de Leonor Silveira, uma das actrizes de eleição de Manoel de Oliveira.
1989 - Recebeu Comenda da Ordem do Infante D. Henrique pelo presidente da República Mário Soares.
1992 - Estreia mundial de «O dia do desespero» a 30 de Maio de 1992 na Expo92, de Sevilha, em Espanha.
1992 - Recebeu o Leopardo de honra pelo conjunto da carreira no festival de Locarno, na Suíça.
1993 - Estreia mundial de «Vale Abraão» no Festival de Cannes.
1994 - Participou em «Lisbon Story», de Wim Wenders, no qual parodia o cinema mudo e Charlot.
1995 - A Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) atribuiu-lhe o Prémio Carreira.
1997 - Grande Oficial de Mérito Nacional pela República e do Governo Francês.
- Estreia «Viagem ao princípio do mundo», filme com contornos autobiográficos e protagonizado por Marcello Mastroianni. Seria o último filme do actor italiano.
1998 - Em Setembro iniciou a rodagem em França do filme «A carta», com Chiara Mastroianni.
2001 - Estreia «Porto da minha infância», encomendando por Porto - Capital Europeia da Cultura. É um regresso de Manoel de Oliveira aos lugares de infância naquela cidade.
2002 - Aos 94 anos realizou o teledisco «Momento», de Pedro Abrunhosa.
2003 - Encenou a peça «Mário eu próprio o outro», de José Régio, em Roma, Itália.
2004 - Recebeu Leão de Ouro do Festival de Veneza, de homenagem à carreira, e exibiu «O Quinto Império - Ontem e Hoje».
- Recebeu o Prémio Vittorio de Sica, em Itália.
2005 - Distinguido com a medalha de ouro do Círculo de Belas Artes de Madrid.
2007 - Distinguido com o Prémio Manuel Antunes 2007 por ser um «cineasta do Sagrado».
- Participou no filme colectivo «Chacun son cinema», de celebração dos 60 anos do Festival de Cannes, com a curta-metragem «Rencontre unique».
- Estreiou «Belle Toujours», de homenagem a «Belle de jour», de Luis Buñuel, no Festival de Cannes.
- Estreiou «Cristóvão Colombo - O enigma» no Festival de Veneza. Manoel de Oliveira e a mulher participam no filme.
- Distinguido com o «American Film Institute Silver Legacy Award» nos Estados Unidos.
2008 - Doutor Honoris Causa pela Universidade do Algarve.
- Retrospectiva nos Estados Unidos pela Brooklyn Academy of Music.
- Investido membro honorário da Academia das Ciências de Lisboa.
- Distinguido, em conjunto com o escritor António Lobo Antunes, com o Prémio Terenci Moix, de Espanha.
- Palma de Ouro pela carreira e exibição de «Douro, fain fluvial» no Festival de Cannes.
- Museu de Serralves inaugura exposição dedicada à obra de Manoel de Oliveira.
- Distinguido, em conjunto com a pianista Maria João Pires, com a Medalha de Ouro de Belas Artes 2007, atribuída pelo governo de Espanha.
- Homenagem no I Congresso da Cultura Ibero-Americana, na cidade do México.
- Distinguido com o Prémio Mundial do Humanismo, atribuído pela Academia do Humanismo da Macedónia.
- Projecção da curta-metragem «Do visível ao invisível» no Festival de Veneza.
- Realização de retrospectivas no Museu de Serralves e Cinemateca Portuguesa.
- Distinguido com o Prémio da Fundação Fellini, atribuído em Riminni, Itália.
- Inicia em Lisboa a rodagem do filme «Singularidades de uma rapariga loura», a partir de um conto de Eça de Queirós, que deverá estrear no Festival de Cinema de Berlim.
2009 - Manoel de Oliveira espera rodar em Fevereiro o filme «O estranho caso de Angélica», recuperando um projecto incompleto dos anos 1950, e apresentá-lo no Festival de cinema de Cannes."
(c) PNN Portuguese News Network

Publicado por bomsensoamiguinhos às 00:53
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
|

Contagem a partir do dia 17 de Dez de 2008

------------------------------

Deixe a Sua Sugestão...Opinião...Mensagem... ! :-)

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

ENVIE AS SUAS SUGESTÕES: Bomsensoamiguinhos@sapo.pt

GEOGLOBO

PENSAMENTO DO MOMENTO Anilady

Mercados Financeiros: Esp...

Pensamento - Investir na ...

Foi com Surpresa e Enorme...

Bomsenso - Crise Naciona...

O que é a Ética?

Bomsenso - Ética e Mentir...

Bomsenso - GUERRA - GAZA ...

Bomsenso - Dívida Externa...

TAGS

portugal(252)

actualidade(125)

2010(105)

crise(93)

2009(71)

crise económica(66)

pensamento(65)

economia(61)

portugueses(60)

vídeo(54)

cultura(53)

lisboa(52)

história(50)

crise financeira(49)

ciência(48)

2011(46)

videos(44)

portugal-bem(43)

português(43)

presidente da república(43)

conhecer portugal(40)

provérbio(40)

política(38)

actualidade política(37)

citações(37)

pensamentos(37)

cavaco silva(36)

interesse geral(33)

cavaco(31)

viajar cá dentro(31)

património(30)

turismo(30)

saúde(28)

democracia(27)

conhecimento(26)

foto(26)

frases(26)

música(26)

politicos(26)

recessão(26)

viagens(22)

desemprego(21)

estado da nação(21)

europa(21)

frase(21)

tourist(21)

25 de abril(20)

ética(20)

global(20)

investigação(20)

presidente(20)

arte(19)

obama(19)

actualidade económica(18)

fotos(18)

lisbon(18)

poesia(18)

portuguesa(18)

sociedade(18)

conduta(17)

eua(17)

finanças(17)

histórico(17)

neve(17)

poema(17)

porto(17)

portugueses em destaque(17)

revolução(17)

sismo(17)

ue(17)

barack obama(16)

crise politica(16)

frio(16)

cravos(15)

economia real(15)

educação(15)

escritor(15)

história de portugal(15)

movimento(15)

opinião(15)

revolução dos cravos(15)

terramoto(15)

1974(14)

imprensa(14)

militares(14)

photos(14)

poeta(14)

vermelhos(14)

bomsensoamiguinhos(13)

crianças(13)

défice(13)

desconfiança(13)

eleições(13)

forças armadas(13)

mapa(13)

cinema(12)

guerra(12)

museu(12)

otelo saraiva carvalho(12)

photo(12)

todas as tags

PESQUISAR NO BLOG:

 

Visitas desde 17-12-2008

Facebook

Auxiliar Memória Do Mundo

Cria o teu cartão de visita
    follow me on Twitter
    blogs SAPO
    RSS