Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

15
Dez08

Vidas - Longevidade de uns quantos Portugueses

bomsensoamiguinhos

Diário de Notícias

Segunda, 15 de Dezembro de 2008
Edição Papel

www.prensaescrita.com/diarios.php

 

Há 600 portugueses mais velhos que Manoel de Oliveira

CÉU NEVES

 

Vidas. As pessoas com 100 e mais anos vão sendo menos raras. E Portugal não se adaptou a esta nova realidade, dizem os técnicos. Há que dar qualidade de vida às 'idades maiores'

Ser activo e estimular o intelecto são os segredos da velhice

Portugal tem 589 pessoas com 100 ou mais anos registadas nos Censos de 2001: um homem para cinco mulheres. E, como a tendência é para o aumento da longevidade, é natural que em 2008 existam muitos mais. Nem todas continuam a trabalhar como Manoel de Oliveira, mas muitos são independentes e Portugal não está preparado para esta realidade, dizem os técnicos. O segredo está em "ser activo e estimular o intelecto", não ser atirado para uma cadeira ou um sofá de um lar, verdadeiras antecâmaras da morte.


"Uma das coisas que mais contribuem para o aumento da longevidade é a actividade. As pessoas devem ter uma actividade física e intelectual estimulante", explica Maria João Quintal, médica, chefe de divisão de Saúde no Ciclo de Vida da Direcção-Geral de Saúde.

Aquela é uma das razões porque encontramos mais centenários entre as pessoas com cursos superiores e com maior treino intelectual. Além de que têm profissões com menos riscos para a saúde e condições sociais e económicas para ter uma maior qualidade de vida. Permite-lhes, por exemplo, ter uma alimentação equilibrada, cuidados físicos e empregados para lhes dar assistência. "As pessoas que se mantêm no seu meio, com a família, vivem muito mais do que as que vão para os lares. Temos de obrigar as instituições a reformular a sua atitude perante a idade. O meio pode ser muitíssimo agressivo de desestimulante", adianta. Não devem ser as pessoas a adaptar-se às instituições, "numa altura da vida em que estão fragilizadas".         

Cont ... www.prensaescrita.com/diarios.php

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

ESPAÇOS DO AUTOR

====================== INFORMAÇÃO GLOBAL PANDEMIA - LINKS UTEIS ======================

  • ======================

GRIPE HUMANA DE ORIGEM SUíNA, AVIÁRIA, PANDEMIA -> LINKS ÚTEIS

GRIPE HUMANA (Aviária e Pandemia) Ministérios Outros Países

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PESSOAS ADMIRÁVEIS

LEGISLAÇÃO

=> DIREITOS HUMANOS

INSTITUIÇÕES NACIONAIS

SIC-Soc. Informação e Conhecimento

FINANÇAS / IMPOSTOS

UE - INST. EUROPEIAS

Finanças,Gestão, Economia...

INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

MÚSICOS E MÚSICAS

Imprensa / Informação

ONLINE - RÁDIO / TV / Imagens

EDITORES

ESPAÇOS CULTURAIS

LIVRARIAS

DADOS HISTÓRICOS

LIVREIROS / ALFARRABISTAS

ESPAÇOS AMIGOS

ESPAÇOS SUGERIDOS

VALEU A PENA CONHECER

RESTAURANTES

-> V I O L Ê N C I A

MEDICINA DENTÁRIA

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D