Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

30
Nov10

Banca e grandes empresas vão ser os próximos alvos do WikiLeaks

bomsensoamiguinhos

DN

WikiLeaks

 

Banca e Grandes Empresas

vão ser os próximos alvos

 

Banca e grandes empresas vão ser os próximos alvos do WikiLeaks

JULIAN ASSANGE

Fotografia © Valentim Flaurand - Reuters

 

 

Numa entrevista dada à revista Forbes, Julian Assange assegura que no início do próximo ano, um dos maiores bancos norte-americanos ficará literalmente "virado do avesso". Milhares de documentos internos e comprometedores dessa instituição bancária serão divulgados no WikiLeaks.


Julian Assange não revela o nome do banco em questão, mas assegura que ficará exposto ao público o corporativismo de todo um sector e as suas práticas contrárias à ética. Sem querer dar detalhes à Forbes acerca das próximas revelações do WikiLeaks, Assange afirma que "poderemos chamar-lhes o ecosistema da corrupção": Uma imagem de como se pode fazer vista grossa a práticas menos éticas, quais as prioridades dos executivos dos grandes bancos e como eles conseguem manobrar as coisas em seu próprio interesse".


Depois de ter revelado ao mundo alguns dos grandes segredos militares e políticos dos Estados Unidos da América, segundo revela a revista Forbes, Julian Assange vira-se agora para os escândalos e segredos económicos. Irá Assange publicar documentos comprometedores para a indústria farmacêutica? Pergunta a Forbes. Assange responde que "sim". Sobre a alta finança? "sim, e muito mais do que um simples escândalo bancário". Sobre o sector energético? "Muito".

 

 

 

29
Nov10

Krugman: "Os "graves problemas" com que a Espanha se confronta têm a sua explicação no euro".

bomsensoamiguinhos

Económico com Lusa
29/11/10 16:20

 

 

 

Krugman

Grécia, Irlanda e Portugal são meras "tapas",

Espanha é o prato principal


 

"Os "graves problemas" com que a Espanha se confronta têm a sua explicação no euro"

 

 

O Prémio Nobel da Economia diz que Portugal, Irlanda e Grécia não podem, por si só, provocar grandes estragos às perspectivas europeias


 

O economista, referindo-se à crise da dívida pública na zona euro, diz que a Espanha é "o prato principal", enquanto que os outros países (Grécia, Irlanda e Portugal) são meras "tapas".


Krugman refere também que as perspectivas de crescimento da economia espanhola são fracas nos próximos anos e diz que a ausência de cooperação económica se traduz "em incerteza" sobre o futuro das receitas fiscais no maior país da Península Ibérica.


Por isso o economista defende uma "desvalorização interna" dos preços e dos salários para que a economia espanhola recupere a competitividade, realçando ainda que a Espanha teria menos problemas se não tivesse aderido ao euro.


Na sua coluna de opinião no "The New York Times", o Nobel da Economia explica que, em boa parte, os "graves problemas" com que a Espanha se confronta têm a sua explicação no euro, que levou o país à crise da dívida sem poder recorrer a uma desvalorização cambial da sua moeda.


"Deveria a Espanha abandonar o euro e regressar à sua própria moeda? Fá-lo-á? A resposta a ambas as questões é provavelmente não!", diz Krugman.


No entanto, o Nobel da Economia não deixa de alertar para o facto de, actualmente, a Espanha estar "prisioneira" do euro e não ter "nenhuma boa opção" em termos de política económica (desvalorização cambial da moeda) à sua disposição.


Deste modo, Krugman explica que não pode desvalorizar a sua moeda, como no caso dos Estados Unidos e o Reino Unido, a Espanha deve realizar uma "desvalorização interna", mediante o corte dos salários e dos preços.


No entanto, "uma desvalorização interna é uma matéria feia por uma razão: é lenta", adverte o economista, que explica tratar-se de um processo que requer normalmente vários anos de desemprego para baixar os salários, o que representa uma menor entrada de impostos nos cofres do Estado, enquanto que a dívida segue ao mesmo nível, piorando os problemas do sector privado.

16
Nov10

"Concerto de Santa Cecilia à luz das velas"

bomsensoamiguinhos

 

 

"Concerto

de Santa Cecilia à Luz das Velas"

 

21 de Novembro de 2010 - 18:00H

 

Igreja de Santa Catarina em Lisboa

 

 

Miguel ZinK

Violino

 

 

O solista é um Jovem de 15 anos

 

 

 

 

 

Programa  -

 

 

 

imagem retirada da net

 

Igreja de Santa Catarina

Calçada do Combro, 82

1200-115 LISBOA

 


16
Nov10

Libertação de Aung San Suu Kyi

bomsensoamiguinhos

CM

 

Diplomacia recusa comentar

China: Libertação de Aung San Suu Kyi ignorada

 

A libertação da opositora birmanesa Aung San Suu Kyi continua a ser ignorada pela diplomacia chinesa. Hong Lei, porta voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, referiu apenas que aguarda pelo cumprimento do roteiro para a transição democrática por parte da junta militar birmanesa.

“Esperamos e pensamos que a Birmânia vai continuar a seguir o seu roteiro de sete pontos para uma transição democrática”, afirmou Hong Lei, porta voz da diplomacia chinesa, recusado-se comentar a libertação da galardoada com o prémio Nobel da Paz.

Aung San Suu Kyi foi libertada menos de uma semana após as eleições na Birmânia, já consideradas pelos países ocidentais como uma farsa e uma maneira de o regime militar em vigor legitimar os resultados.

12
Nov10

Belmiro de Azevedo, o Analista de Sucesso

bomsensoamiguinhos

Dif Broker

http://www.dif.pt/web/pt_pt/home

 

 

 

Blogger

Ulisses Pereira

 

Belmiro de Azevedo, o analista de sucesso

Em 09-07-2010 13:43

 

 

A moral não joga bem com as leis do mercado de capitais. Quem se quiser dedicar a esses problemas não pode jogar na Bolsa."

 

Belmiro de Azevedo Belmiro de Azevedo é, quase unanimemente, considerado um dos grandes empresários portugueses.

 

A dimensão das suas empresas, os seus resultados e os milhares de postos de trabalho que as suas empresas criaram falam por si.

 

Mas eu vou mais longe e considero Belmiro de Azevedo um dos mais brilhantes analistas de bolsa do nosso país, mesmo que não publique análises ou raramente teça comentários sobre a evolução do mercado.

 

Belmiro de Azevedo teve a percepção de, ao longo dos anos, colocar as suas empresas no mercado muito próximo dos topos, ou seja, conseguindo vender parte das suas empresas a preços fantásticos, antes das correcções afundarem as cotações.

 

Por outro lado, consegue ter a frieza suficiente para a sua empresa-mãe lançar ofertas públicas de aquisição (OPA) sobre o capital de algumas das suas empresas cotadas em bolsa muito próximo do fundo dos mercados, conseguindo recomprar a preços de saldo aquilo que colocou a preço de ouro. Exemplos não faltam.

 

A colocação em Bolsa da Sonae.com - logo a seguir à "bolha tecnológica" - é um bom exemplo disso depois de, alguns anos antes, ter retirado do mercado uma empresa com outro nome (Imparsa) mas com muitas semelhanças a essa nova empresa. Talvez o caso mais emblemático tenha sido as sete ofertas públicas de venda (OPV) que realizou, em simultâneo, em 1987 colocando no mercado diversas empresas. E até a OPA à PT, que pareceu a um preço demasiado caro (em função do que aconteceu às cotações posteriormente), é agora vista como uma excelente oferta depois da OPA da Telefónica à Vivo.

 

Muitos são os pequenos investidores que não gostam de Belmiro de Azevedo. Percebe-se porquê.

 

Quem acorre às OPV comprando na expectativa de obter bons resultados, tem ficado muito frustrado ao ver as acções afundarem-se e acusam o líder da Sonae de os enganar. Lamento não partilhar dessa perspectiva mas ninguém é obrigado a comprar e quem vende fá-lo por um preço que considera bom e quem compra devia fazê-lo porque considera o preço atraente.

 

Quem tiver melhor visão do mercado será, naturalmente, recompensado. Veremos para quando o próximo toque de mestre de Belmiro. E mesmo que não detenha acções nesse próximo toque, esteja atento ao que isso sinaliza para o mercado.

 

Uma OPA indiciará que estamos perto de um fundo e uma OPV que estamos perto de um topo.

 

Se não fosse um gestor de excelência, Belmiro de Azevedo teria sido certamente um analista de enorme qualidade.

 

 

11
Nov10

João Lopes comenta a estreia de "A Verdade da Crise" e outras novidades nas salas e em DVD

bomsensoamiguinhos

SIC

Notícias Cultura

11/11/2010

 

 

 

 

 

 

 


 

A Verdade da Crise

 

 

 

Estreias: Inside Job - A Verdade da Crise, RED - Perigosos, Jackass 3D e mais!

Estreias:

Inside Job - A Verdade da Crise, RED - Perigosos, Jackass 3D e mais!

Quinta, 11 de Novembro de 2010

 

 

Inside Job - A Verdade da Crise


As razões que levaram ao surgimento da crise económica, que rebentou em 2008, são enumeradas uma a uma neste trabalho assinado pelo documentarista Charles Ferguson. Com narração do actor Matt Damon, Inside Job - A Verdade da Crise pretende desvendar a "verdade da crise", enumerando as suas causas através de entrevistas a conceituados economistas, políticos e comentadores.

 

No ar fica a ideia de que tudo poderia ter sido evitado.


Veja aqui o trailer do filme Inside Job - A Verdade da Crise

 

 

 

http://aeiou.escape.expresso.pt/muito-bom-cinema/estreias-inside-job-a-verdade-da-crise-red-perigosos-jackass-3d-e-mais:30-1184993

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

ESPAÇOS DO AUTOR

====================== INFORMAÇÃO GLOBAL PANDEMIA - LINKS UTEIS ======================

  • ======================

GRIPE HUMANA DE ORIGEM SUíNA, AVIÁRIA, PANDEMIA -> LINKS ÚTEIS

GRIPE HUMANA (Aviária e Pandemia) Ministérios Outros Países

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PESSOAS ADMIRÁVEIS

LEGISLAÇÃO

=> DIREITOS HUMANOS

INSTITUIÇÕES NACIONAIS

SIC-Soc. Informação e Conhecimento

FINANÇAS / IMPOSTOS

UE - INST. EUROPEIAS

Finanças,Gestão, Economia...

INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

MÚSICOS E MÚSICAS

Imprensa / Informação

ONLINE - RÁDIO / TV / Imagens

EDITORES

ESPAÇOS CULTURAIS

LIVRARIAS

DADOS HISTÓRICOS

LIVREIROS / ALFARRABISTAS

ESPAÇOS AMIGOS

ESPAÇOS SUGERIDOS

VALEU A PENA CONHECER

RESTAURANTES

-> V I O L Ê N C I A

MEDICINA DENTÁRIA

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D