Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

ARQUIVO

PESQUISAR NO BLOG:

 

POST RECENTES

Lisboa - Violento tempor...

81ª Feira do livro de Lis...

Portugueses celebram cheg...

Fim de Ano 2010 / 2011 Gr...

Cimeira da NATO em Lisboa

"Concerto de Santa Cecili...

Casamentos de Santo Antón...

18º Concurso de Jovens Ci...

17 DE MAIO - AS HISTÓRIAS...

Expo 2010 em Xangai - Cer...

"Happy Hour" na Feira do ...

25 Abril - (continuação d...

25 de Abril

Ciência - Neurónios - Por...

Pneumologia - Centro Hosp...

Portugal - Cristo Rei, em...

Portugal - Cristo Rei, em...

Dia da Europa - 9 de Maio

Simulacro/sismo - Portuga...

Escreve Poesia? - Jornal ...

Feira do Livro de Lisboa ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal - Lisboa - 1974 ...

Portugal, Lisboa. Revoluç...

Gulbenkian - Temporada Gu...

Descontentamento levou 20...

Faz Anos - 26 de Fevere...

Espectáculo equestre em P...

Lisboa - Obras na rede de...

Arrancou em Portugal o ba...

Fundação Calouste Gulbenk...

Lisboa - Ciência - A pale...

Portugal - Lisboa - baixa

Fotos - Lisboa Sec XVIII

Lisboa - Sec XVIII

Lisboa - Vacas na Praça d...

PATRIMÓNIO - Lisboa - Rel...

Portugal - Lisboa - músic...

Portugal - Património - M...

Mosteiro do Jerônimos - U...

Assembleia da República -...

LINKS

PESQUISAR NO BLOG:

 

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31
Sábado, 25 de Abril de 2009

Portugal - Lisboa - 1974 - O 25 de Abril - 09:00 às 11:50

http://www.cm-odivelas.pt/Extras/MFA/cronologia.asp?canal=8 

 

 

O 25 de Abril


O que Aconteceu

entre as 

09:00  e as 11:50

 

  

09:00
A fragata "Gago Coutinho" - que integrava as forças da NATO em exercícios – toma posição frente ao Terreiro do Paço, recebendo ordens para disparar sobre as tropas de Maia, mas não chega a fazê-lo.

 

  

O dispositivo militar ocupa o Terreiro do Paço na madrugada do dia 25 de Abril e surpreende-se com a presença dos navios da Nato que já deviam ter-se feito ao largo para partirem no exercício "Dawn Patrol".

 

O dispositivo militar ocupa o Terreiro do Paço no final da madrugada do dia 25 de Abril de 1974 e surpreende-se com a presença dos navios da Nato que já deviam ter-se feito ao largo para partirem no exercício "Dawn Patrol".

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato


09:30


Os ministros da Defesa, da Informação e Turismo, do Exército e da Marinha, o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, o Governador Militar de Lisboa, o sub-secretário de Estado do Exército e o Almirante Henrique Tenreiro fogem por um buraco que abriram na parede do ministério do Exército e dirigem-se para o Regimento de Lanceiros 2, onde instalaram o Posto de Comando das forças leais ao Governo.

 

  

 

Buraco aberto na parede do ministério do Exército por onde fugiram vários ministros e o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, dirigindo-se para Posto de Comando das forças leais ao Governo.

 

Buraco aberto na parede do ministério do Exército por onde fugiram vários ministros e o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas, dirigindo-se para Posto de Comando das forças leais ao Governo.

Foto: Alfredo Cunha

 


09:35


Forças leais ao Governo, comandadas pelo Brigadeiro Junqueira dos Reis, chegam ao Terreiro do Paço.

 


10:00


Na Ribeira das Naus, o Alferes Miliciano Fernando Sottomayor, do RC 7, não obedece às ordens do Brigadeiro Junqueira dos Reis para disparar sobre Salgueiro Maia e as suas tropas, o que leva o Brigadeiro a dar ordem de prisão a Sottomayor e a ordenar aos soldados que disparassem. Tendo-se estes recusado também a disparar, Junqueira dos Reis dispara dois tiros para o ar, abandona o local e dirige-se para a rua do Arsenal.

 

  

 

Na Rua do Arsenal, tanques da Escola Prática de Cavalaria barram o caminho às forças fiéis ao Governo. Salgueiro Maia regressa ao Terreiro do Paço e em cima do carro de combate, reconhece-se o Alferes Cardoso, hoje Tenente-Coronel.

 

Na Rua do Arsenal, tanques da Escola Prática de Cavalaria barram o caminho às forças fiéis ao Governo. Salgueiro Maia regressa ao Terreiro do Paço e em cima do carro de combate, reconhece-se o Alferes Cardoso, hoje Tenente-Coronel.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

 


10:30


Rendição do Major Pato Anselmo, do RC 7 e transmissão de um novo comunicado do MFA.

 

  

 

Jaime Neves e Pato Anselmo entre outros, são os protagonistas dos primeiros momentos de tensão, quando forças fiéis ao governo, progrediram do Cais do Sodré em direcção aos blindados da EPC.

 

O Major Jaime Neves (de costas e G3 na mão) e o Major Pato Anselmo (à civil de bota alta) são os protagonistas dos primeiros momentos de tensão, quando forças do RC-7, fiéis ao governo, progrediram do Cais do Sodré em direcção aos blindados da Escola Prática de Cavalaria.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

 

  

Comunicado do MFA do dia 25 de Abril de 1974 às 10:30h

 

O Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas constata que a população civil não está a respeitar o apelo já efectuado várias vezes para que se mantenha em casa.


Pede-se mais uma vez à população que permaneça nas suas casas a fim de não pôr em perigo a sua própria integridade física.


Em breve será radiodifundido um comunicado esclarecendo o domínio da situação.


10:45


Na Rua do Arsenal, o Brigadeiro Junqueira dos Reis dá ordem de fogo sobre o Tenente Alfredo Assunção, que fora enviado por Salgueiro Maia para negociar com as forças de Junqueira dos Reis. Tendo sido, de novo, desobedecido pelos seus militares, acaba por dar três murros no Tenente Assunção.

 

  

Na Rua do Arsenal, tanques da Escola Prática de Cavalaria barram o caminho às forças fiéis ao Governo, uma parte recua sob o comando do Brigadeiro Reis e outra passa-se para o lado dos revoltosos.

 

Na Rua do Arsenal, tanques da Escola Prática de Cavalaria barram o caminho às forças fiéis ao Governo. Salgueiro Maia regressa ao Terreiro do Paço e em cima do carro de combate, reconhece-se o Alferes Cardoso, hoje Tenente-Coronel.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato



11:30
O Posto de Comando envia uma coluna militar, comandada pelo Major Jaime Neves, para ocupar a Legião Portuguesa na Penha de França e uma coluna, comandada por Salgueiro Maia, para o Quartel do Carmo, onde se encontravam Marcelo Caetano, Rui Patrício, ministro dos Negócios Estrangeiros e Moreira Baptista, ministro da Informação e Turismo.
Salgueiro Maia comanda as forças da EPC que vão cercar o Quartel da GNR no Largo do Carmo, em Lisboa.

 

  

Salgueiro Maia atinge o Largo do Carmo. Em segundo plano o Capitão Tavares de Almeida e o Aspirante Laranjeira à civil.

 

Salgueiro Maia atinge o Largo do Carmo. Em segundo plano o Capitão Tavares de Almeida e o Aspirante Laranjeira à civil.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974


11:45


O MFA informa o país, através do RCP, que domina a situação de Norte a Sul.

 

  

Foi cumprida a missão inicial: ocupar a Baixa de Lisboa.

 

Os instruendos cumpriram a missão inicial: ocupar a Baixa de Lisboa.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974

  

 

Dono da situação, Salgueiro Maia reorganiza a força, que conta agora com carros de combate pertencentes às unidades até há pouco leais ao governo.

 

Dono da situação, Salgueiro Maia reorganiza a força, que conta agora com carros de combate pertencentes às unidades até há pouco leais ao governo.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

  

 

Comunicado do MFA do dia 25 de Abril de 1974 às 11:45h

 

Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.
Na sequência das acções desencadeadas na madrugada de hoje com o objectivo de salvar o País do regime que há longo tempo oprime, as Forças Armadas informam que, de Norte a Sul, dominam a situação e que em breve chegará a hora da libertação.


Reafirma-se o desejo veemente de evitar derramamento de sangue mas igualmente se reafirma a decisão inabalável de responder decidida e implacavelmente a qualquer oposição que as Forças Militarizadas e Policiais pretendam oferecer.


Recomenda-se, de novo, à população que se mantenha calma e nas suas residências, para evitar incidentes desagradáveis cuja responsabilidade caberá exclusivamente às poucas forças que se opõem ao Movimento.


Ciente de que interpreta fielmente os verdadeiros sentimentos da Nação, o Movimento das Forças Armadas prosseguirá inabalável no cumprimento da missão que a sua consciência de portugueses e militares lhes impôs.


Viva Portugal!

 

 

 

 



11:50
Os oficiais feitos prisioneiros no Terreiro do Paço são enviados para o Posto de Comando, na Pontinha.

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 09:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Portugal - Lisboa - 1974 - O 25 de Abril - 07:00, 07:30, 08:00 e 08:30

 

www.cm-odivelas.pt/Extras/MFA/cronologia.asp

 

 

 

07:00


O Agrupamento do Norte dirige-se ao Forte de Peniche, prisão da PIDE/DGS.

 

O RAP 2 toma posição junto à ponte da Arrábida e a EPA junto ao Cristo Rei, em Almada.

 

No Terreiro do Paço, oficiais da Polícia Militar e o Capitão Maltez da PSP, põem-se às ordens de Salgueiro Maia após conversações.

 

  

 

Os instruendos da Escola Prática de Cavalaria utilizam as carrinhas da PSP como protecção, ainda no Terreiro do Paço.

 

Os instruendos da Escola Prática de Cavalaria utilizam as carrinhas da PSP como protecção, ainda no Terreiro do Paço.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

  

 

Capitão Salgueiro Maia, Tavares de Almeida e o Alferes Miliciano Maia Loureiro mandam descongestionar o trânsito no Terreiro do Paço, aos guardas da PSP, que entretanto se puseram à disposição da Escola Prática de Cavalaria.

 

 Cap. Salgueiro Maia (ao centro), Tavares de Almeida (direita) e o Alferes Miliciano Maia Loureiro (esquerda) mandam descongestionar o trânsito, no Terreiro do Paço, aos guardas da PSP, que entretanto se puseram à disposição da Escola Prática de Cavalaria.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato


07:30


Transmissão de outro comunicado do MFA.

Chegada à Ribeira das Naus de nova força do RC 7, comandada pelo Tenente-Coronel Ferrand de Almeida.

 

  

Comunicado do MFA do dia 25 de Abril de 1974 às 07:30h

 

 Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.


Conforme tem sido transmitido, as Forças Armadas desencadearam na madrugada de hoje uma série de acções com vista à libertação do País do regime que há longo tempo o domina.


Nos seus comunicados as Forças Armadas têm apelado para a não intervenção das forças policiais com o objectivo de se evitar derramamento de sangue. Embora este desejo se mantenha firme, não se hesitará em responder decidida e implacavelmente a qualquer oposição que se venha a manifestar.


Consciente de que interpreta os verdadeiros sentimentos da Nação, o Movimento das Forças Armadas prosseguirá na sua acção libertadora e pede à população que se mantenha calma e que se recolha às suas residências.


No momento presente encontram-se já dominados e ocupados os seguintes objectivos:


- Rádio Marconi
- Rádio Clube Português
- Emissora Nacional
- Radiotelevisão Portuguesa
- Banco de Portugal
- Quartel General do Porto
- Aeroporto da Portela
- Terreiro do Paço
- Quartel General de Lisboa


As tropas prosseguem decididamente no desempenho das missões que lhes foram atribuídas.


Viva Portugal!

 

  

 

Ao largo da praça do Município instruendos da EPC, pertencentes ao 5.º pelotão de atiradores esperam, as forças leais ao Governo.

 

Na zona da praça do Município instruendos da Escola Prática de Cavalaria, pertencentes ao 5º pelotão de atiradores esperam, de armas na mão, as forças leais ao Governo.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

 

  

 

Na praça do Município instruendos da EPC, pertencentes ao 5.º pelotão de atiradores esperam, de armas na mão, as forças leais ao Governo.

 

 Na zona da praça do Município instruendos da Escola Prática de Cavalaria, pertencentes ao 5º pelotão de atiradores esperam, de armas na mão, as forças leais ao Governo.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

 



08:00


Uma força do Regimento de Lanceiros 2, contrária ao MFA, toma posição na Ribeira das Naus, em Lisboa. Prisão do Tenente-Coronel Ferrand de Almeida por Salgueiro Maia.

 

  

 

Ferrand de Almeida, Salgueiro Maia e o seu adjunto Assunção, são os protagonistas dos primeiros momentos de tensão, quando forças fiéis ao governo, progrediram do Cais do Sodré em direcção aos blindados da EPC.

 

Tenente-Coronel Ferrand de Almeida, Capitão Salgueiro Maia e o seu adjunto Tenente Assunção (primeiro, segundo e terceiro a contar da direita), são os protagonistas dos primeiros momentos de tensão, quando forças do RC-7, fiéis ao governo, progrediram do Cais do Sodré em direcção aos blindados da Escola Prática de Cavalaria.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

 


08:30


Uma força da PSP chega ao Terreiro do Paço, mas nem tenta entrar em confronto com as tropas de Salgueiro Maia.

 

 

 

  

 

Capitão Salgueiro Maia, Tavares de Almeida e o Alferes Miliciano Maia Loureiro mandam descongestionar o trânsito no Terreiro do Paço, aos guardas da PSP, que entretanto se puseram à disposição da Escola Prática de Cavalaria.

 

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 07:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Portugal - Lisboa - 1974 - O 25 de Abril - 06:00, 06:30 e 06:45

www.cm-odivelas.pt/Extras/MFA/cronologia.asp

 

 

06:00


A EPC cerca os ministérios, a Câmara Municipal de Lisboa, os acessos ao Governo Civil, o Banco de Portugal e a Rádio Marconi.

 

  

 

O Tenente de Inf. Nelson dos Santos, em frente ao Ministério do Exército, no Terreiro do Paço, aguarda com outros oficiais, para proceder à prisão das altas individualidades militares.

 

O Tenente de Infantaria Nelson dos Santos, em frente ao Ministério do Exército, no Terreiro do Paço, aguarda com outros oficiais, para proceder à prisão das altas individualidades militares.

 

 

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato


06:30


Chegada ao Terreiro do Paço de um pelotão do Regimento de Cavalaria 7, fiel ao Governo, comandado pelo Alferes Miliciano David e Silva que, após conversações, se coloca às ordens do MFA.

 


06:45


O Posto de Comando toma conhecimento de que Marcelo Caetano, Presidente do Conselho de Ministros, está no Quartel do Carmo.

 

  

Marcelo Caetano

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotografia de Marcelo Caetano

 

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 06:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Portugal - Lisboa - 1974 - O 25 de Abril - 05:15 e 05:45

www.cm-odivelas.pt/Extras/MFA/cronologia.asp

 

 

O 25 de Abril
 
Aconteceu
entre as
05:15 e as 05:45

 

05:15


O Aeródromo de Tires é ocupado é ocupado pelo CIAAC. Transmissão do terceiro comunicado do MFA.

 

  

 

Comunicado do MFA do dia 25 de Abril de 1974 às 05:15h

 

Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.


Atenção elementos das forças militarizadas e policiais. Uma vez que as Força Armadas decidiram tomar a seu cargo a presente situação, será considerado delito grave qualquer oposição das forças militarizadas e policiais às unidades militares que cercam a cidade de Lisboa.


A não obediência a este aviso poderá provocar um inútil derramamento de sangue cuja responsabilidade lhes será inteiramente atribuída.


Deverão, por conseguinte, conservar-se dentro dos seus quartéis até receberem ordens do Movimento das Forças Armadas.


Os comandos das forças militarizadas e policiais serão severamente responsabilizados caso incitem os seus subordinados à luta armada.

 


05:45


A Escola Prática de Cavalaria ocupa o Terreiro do Paço. Transmissão do quarto comunicado do MFA.

 

  

 

O Terreiro do Paço ocupado no final da madrugada do dia 25 de Abril.

 

O dispositivo militar ocupa o Terreiro do Paço no final da madrugada do dia 25 de Abril de 1974.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

 

 

  

 

As tropas de oposição ao governo ocupam o Terreiro do Paço no final da madrugada do dia 25 de Abril.

 

 O dispositivo militar ocupa o Terreiro do Paço no final da madrugada do dia 25 de Abril de 1974.

Foto: Alfredo Cunha
Legenda: Adelino Gomes, O dia 25 de Abril de 1974, 76 Fotografias e Um Retrato

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 05:15
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Portugal - Lisboa - 1974 - O 25 de Abril - 04:00, 04:20 e 04:45

 www.cm-odivelas.pt/Extras/MFA/cronologia.asp

 

O 25 de Abril

O que Aconteceu
entre as 
04:00  e as 04:45

  

04:00


O BC 5 garante a segurança da residência do General Spínola.



04:20


O Rádio Clube Português transmite o primeiro comunicado do MFA. O Aeroporto de Lisboa é ocupado pela EPI.

 

  

Transmissão do primeiro comunicado do MFA emitido às 04:20 pelo Posto de Comando

 

  

Comunicado do MFA do dia 25 de Abril de 1974 às 04:20h

 

"Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.


As Forças Armadas Portuguesas apelam para todos os habitantes da cidade de Lisboa no sentido de recolherem a suas casas, nas quais se devem conservar com a máxima calma.

 

Esperamos sinceramente que a gravidade da hora que vivemos não seja tristemente assinalada por qualquer acidente pessoal para o que apelamos para o bom senso dos comandos das forças militarizadas no sentido de serem evitados quaisquer confrontos com as Forças Armadas.

 

Tal confronto, além de desnecessário, só poderá conduzir a sérios prejuízos individuais que enlutariam e criariam divisões entre os portugueses, o que há que evitar a todo o custo."

 

Não obstante a expressa preocupação de não fazer correr a mínima gota de sangue de qualquer português, apelamos para o espírito cívico e profissional da classe médica, esperando a sua acorrência aos hospitais, a fim de prestar a sua eventual colaboração que se deseja, sinceramente, desnecessária. "

 

www.cm-odivelas.pt/Extras/MFA/documento.asp



04:45


Transmissão do segundo comunicado do MFA.

 

  

Comunicado do MFA do dia 25 de Abril de 1974 às 04:45h

 

"Aqui Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas.


A todos os elementos das forças militarizadas e policiais o comando do Movimento das Forças Armadas aconselha a máxima prudência, a fim de serem evitados quaisquer recontros perigosos.


Não há intenção deliberada de fazer correr sangue desnecessariamente, mas tal acontecerá caso alguma provocação se venha a verificar.


Apelamos para que regressem imediatamente aos seus quartéis, aguardando as ordens que lhes serão dadas pelo Movimento das Forças Armadas.


Serão severamente responsabilizados todos os comandos que tentarem, por qualquer forma, conduzir os seus subordinados à luta com as Forças Armadas.

 

www.cm-odivelas.pt/Extras/MFA/documento.asp

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 04:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Portugal - Lisboa - 1974 - O 25 de Abril - 03:00 e 03:10

 

O 25 de Abril

O que Aconteceu
entre as 
03:00  e as  03:10

 

 

 

 

 

03:10


Principais movimentações das forças do MFA:

  • Quartel General da Região Militar de Lisboa, ocupado por uma companhia do BC 5;
  • Rádio Clube Português (RCP), defendida por outra companhia do BC 5 e ocupada pelo 10º Grupo de Comandos;
  • Rádio Televisão Portuguesa (RTP), estúdios do Lumiar ocupados pela EPAM;
  • Emissora Nacional, estúdios ocupados pelo CTSC;
  • Posicionamento de uma bateria da EPA em Almada;
  • A EPC dirige-se ao Terreiro do Paço;
  • EPI sai para ocupar o Aeroporto de Lisboa;
  • Companhias de Caçadores ocupam as antenas do RCP;
  • 5º Grupo de Comandos sai de Tomar para intervir no RC 7;
  • Força do RI 14 junta-se à da Figueira da Foz;
  • Sai uma força da EPE de Tancos;
  • O CIOE vai ocupar a sede da PIDE/DGS no Porto.

     

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 03:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Portugal - Lisboa - 1974 - 25 de Abril - 00:20 - Revolução dos Cravos - Grandola, Vila Morena

Senha 2 da Revolução de 25 de Abril de 1974

 

00:20
A Rádio Renascença transmite a canção "Grândola, Vila Morena",

de José Afonso, segundo sinal do MFA,

para que os militares dessem início às operações previstas.

   Grândola, Vila Morena, José Afonso, 1971
   Zeca Afonso    

 

 

 



Grândola Vila Morena
Zeca Afonso

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina um amigo
Em cada rosto igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra d'uma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade

 

⇔ ⇔ ⇔ 

 

 

 

 

El cantautor español Miguel Ángel Gómez Naharro realiza una versión de esta obra de José Afonso que en Portugal el 25 de abril de 1974, dio la señal para iniciar la Revolución de los claveles que a su vez propició la llegada de la democracia.

 

 

 ⇔ ⇔ ⇔ 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 00:20
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 24 de Abril de 2009

Portugal, Lisboa. Revolução de 25 de Abril de 1974

 

 

Revolução de 25 de Abril de 1974

 

 

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:30
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sábado, 21 de Março de 2009

Gulbenkian - Temporada Gulbenkian de Música - 22 a 25 de Março 2009

 

 

ecard_18_03_09.jpg

 

 

www.gulbenkian.pt/index.php

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 13 de Março de 2009

Descontentamento levou 200 mil pessoas à rua

TVNET

20:36 (GMT) de Sexta, 13 de Março de 2009

 

Descontentamento levou 200 mil pessoas à rua



Cerca de 200 mil trabalhadores juntaram-se esta tarde em Lisboa. Segundo a CGTP, foi a maior manifestação da intersidical até hoje. Os trabalhadores reivindicam melhores salários, mais direitos e melhores condições de trabalho.
 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:58
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009

Faz Anos - 26 de Fevereiro 1531 - TERRAMOTO EM LISBOA

Hoje na História
 

 

FAZ HOJE ANOS

 

26/02/1531


Aproximadamente 30 mil pessoas

morrem por consequência de um

Terramoto em Lisboa.
 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 08:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Espectáculo equestre em Portugal

 

 

 
APASSIONATA
 
 
 
Meia centena de cavalos
em espectáculo
visto por mais de 5 milhões de pessoas
 

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 18:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Lisboa - Obras na rede de esgotos vão cortar a circulação nos próximos 4 meses na zona Terreiro do Paço

RTP

Trânsito na Praça do Comércio

 

As obras na rede de esgotos vão cortar a circulação nos próximos 4 meses na zona Terreiro do Paço.

O tânsito estará vedado na Av. Ribeira das Naus, entre o Campo das Cebolas e o Largo do Corpo Santo.

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 13:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Arrancou em Portugal o banco farmacêutico

RTP

 

Vídeo Saúde
2009-02-14 21:46:08
 
 
Arrancou em Portugal o Banco Farmacêutico
 
O objectivo é recolher medicamentos oferecidos por clientes das farmácias e distribuí-los a instituições de apoio social.

A primeira experiência decorreu apenas na Grande Lisboa mas o projecto vai ser alargado as farmácias de todo o país.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 14:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Fundação Calouste Gulbenkian - LISBOA

 

Fundação Calouste Gulbenkian

 

 

Fundação Calouste Gulbenkian

 

www.gulbenkian.pt/index.php

 

 

Fundação Calouste Gulbenkian
Av. de Berna, 45A
1067-001 Lisboa

Telf: 21 782 3000
Fax: 21 782 3021

info@gulbenkian.pt

Horário de funcionamento:
De segunda a sexta-feira das 9h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30

Transportes públicos:
Metro: S. Sebastião (linha Azul)
Autocarros: 16, 718, 726, 742, 746, 56


Gabinete de Comunicação:
Tel: + 351 21 782 3217
Fax: + 351 21 782 3027
 

Actividades Educativas:

DESCOBRIR…
Programa Gulbenkian Educação para a Cultura
Informações e Reservas para todas as actividades educativas
(mais novos e adultos)
De Segunda a Quinta-feira das 10h30 às 12h30 e das 15h00 às 17h00
Tel: +351 21 782 3800
Fax:  +351 21782 3014
Email: descobrir@gulbenkian.pt e descobrirmarcacoes@gulbenkian.pt

 

 

Serviços Centrais
centrais@gulbenkian.pt

Belas Artes
bartes@gulbenkian.pt

Música
musica@gulbenkian.pt

Saúde e Desenvolvimento Humano
saude@gulbenkian.pt

Ciência
ciencia@gulbenkian.pt

 
Educação
educa@gulbenkian.pt
 
 
 


 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 11:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Domingo, 8 de Fevereiro de 2009

Lisboa - Ciência - A paleontologia e os fósseis ao virar da esquina

 

 

Diário de Notícias

07.02.09

 

 

A paleontologia

e os fósseis ao virar da esquina

 

 

FILOMENA NAVES

 

 

 

Fósseis. Lisboa está cheia deles. Nas calçadas, nas escadarias, nas fachadas dos edifícios, nos bancos antigos. O liós, a pedra branca que dá aquele toque de luz especial à cidade, tem a marca do Jurássico

Sinais do Jurássico na calçada lisboeta

Estão debaixo dos pés a cada passo, à altura dos olhos nas paredes da cidade, mas nem reparamos neles, quando passamos apressados. Os fósseis estão por todo o lado, em Lisboa, impressos na superfície do liós, a nobre pedra branca da região que serviu de material para a construção que, ao longos dos séculos, deu forma à cidade.

"São fósseis de organismos marinhos extintos há muitos milhões de anos e contam histórias de vida e de morte na calçada lisboeta e nas fachadas dos prédios antigos e históricos da capital", diz o geólogo e paleontólogo Carlos Marques da Silva, do departamento e Centro de Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL).

Foi no seu trajecto habitual entre o seu gabinete, que nos anos 90 ainda era no edifício do Museu Nacional de História Natural, na Rua da Escola Politécnica, e o barco para Almada, no Cais do Sodré, que o professor e investigador de geologia e paleontologia começou a olhar para os fósseis, a cada passo. "A certa altura pensei que era engraçado mostrar aos lisboetas a cidade nesta perspectiva. Com o meu colega Mário Cachão começámos a fazer este passeio, com o apoio da Sociedade Portuguesa de Ciências Naturais", explica Carlos Marques da Silva. A adesão foi grande. De tal forma que, a partir de 1998, os dois professores da FCUL passaram a fazer estes percursos de forma organizada, no âmbito da programação da Geologia no Verão, do Ciência Viva. E, desde então, continuam a fazê-lo.

"A filosofia desta paleontologia urbana é levar a montanha a Maomé", explica Carlos Marques da Silva. Ou seja, se os lisboetas não saem da cidade para desfrutar do que a geologia e a paleontologia têm para lhes oferecer fora de portas, então podem muito bem começar a olhar para a riqueza que têm, literalmente, debaixo dos pés, quando passeiam, por exemplo, na Baixa. Dessa forma, as pessoas passam a poder reconhecer também os fósseis que estão por todo lado, no pavimento dos passeios, nas escadarias das igrejas ou nas fachadas dos prédios antigos.

O DN fez esta "caminhada paleontológica" guiada por Carlos Marques da Silva, entre o Terreiro do Paço e o Rato, passando pela Rua do Arsenal, o Largo de São Paulo, Rua do Alecrim e, por aí acima, até ao Rato, ao longo da ruas D. Pedro V e da Escola Politécnica. Aprendem-se palavras novas, como os nomes dos fósseis rudistas, recua-se muito tempo, até há 150 milhões de anos, no Jurássico Superior, quando toda a região de Lisboa estava coberta por um mar tropical pouco profundo, cheio de pequenos organismos, como moluscos e bivalves, que já não existem há muito. Esse percurso, e o que fomos vendo, aqui fica. Venha daí.

♦♦♦

 

 

Fotos retiradas  de:

webpages.fc.ul.pt/~cmsilva/Paleourbana/Paleourbana.htm

 

Fósseis ao virar da esquina
Percurso urbano de interpretação paleontológica
 
 

 

 

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 22:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Portugal - Lisboa - baixa

 

 

LISBOA

 

 

Baixa Lisboeta

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 21:30
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Fotos - Lisboa Sec XVIII

 

 Lisboa Sec XVIII

 

 

 Retirado da internet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Publicado por bomsensoamiguinhos às 21:20
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Lisboa - Sec XVIII

 

TSF

31-01-2009

 

 Habitar Lisboa no século XVIII

 
 Construção Pombalina
 
Neste programa recuamos três séculos e colocámo-nos no interior de Lisboa pombalina… Ouvimos o som dramático do terramoto e contemplamos a baixa da cidade renascida, de ruas e prédios alinhados e varandas em abundância.
 
O jornalista Manuel Vilas Boas ficou no interior de uma dessas casas à conversa com os arquitectos Hélder Carita e João Favila,  a historiadora de arte Maria Helena Barreiros  e o investigador de história moderna Nuno Gonçalo Monteiro.
 

 

Lisboa - Sec XVIII

 

 

Audio

 

www.tsf.pt/paginainicial/AudioeVideo.aspx

 

Professoras Helena Barreiros

Profesor Nuno Monteiro

 

♦♦♦

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 20:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sábado, 24 de Janeiro de 2009

Lisboa - Vacas na Praça de Espanha - Açores

Vacas na Praça de Espanha

Açores

 

RTP

 

Operadores turísticos portugueses optimistas quanto ao futuro
 
 
Eles não parecem preocupados com a crise internacional e apontam para a elevada afluência de profissionais à Bolsa de Turismo de Lisboa como prova de confiança.
 
ww1.rtp.pt/noticias/index.php

 vídeo

 

 

Praça de Espanha

 

 

 

 

 

YouTube

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:20
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

PATRIMÓNIO - Lisboa - Relógio do Cais do Sodré volta a dar hora legal aos lisboetas

  

Relógio do Cais do Sodré

 

 

 

 

 

Cais do Sodré - Linha Verde

 

 

 ⇔⇔⇔

 

 

 

 DESTAK

Foto: DR

DR

PATRIMÓNIO
Relógio do Cais do Sodré volta a dar hora legal aos lisboetas
 
22 | 01 | 2009   08.10H
 
Avariado desde 2001, o regresso do relógio de pala curva representa uma viagem ao início do século passado.
 
Inês Santinhos Gonçalves | igoncalves@destak.pt
 
O relógio do Cais do Sodré, que durante 87 anos marcou a hora legal portuguesa, vai voltar a funcionar.
 
Em 2001 foi retirado para reparação, mas nunca regressou, mantendo-se apenas como objecto de decoração. No espaço deixado em branco podiam ler-se as palavras «em manutenção» mas as esperanças de que o centenário relógio de pala curva voltasse à vida eram poucas. A Administração do Porto de Lisboa (APL) chegou mesmo a dizer, em 2006, que a reparação era demasiado cara.
 
No entanto, a espera parece ter chegado ao fim. Ao Destak, a APL explicou que já concluiu o processo que permitiu a instalação e sincronização do relógio pela hora legal portuguesa, através dos servidores existentes no Observatório Astronómico de Lisboa (OAL).
 
Para que isso fosse possível foi disponibilizado um software específico que foi instalado num computador, cujo relógio interno é acertado pelos servidores NTP (Network Time Protocol) do OAL. Foram realizados testes de falha de energia e confirmado que quando esta é reposta o relógio acerta automaticamente.
 
Essencial à navegação
 
O relógio, o primeiro de hora legal em Portugal, chegou ao Cais do Sodré em 1914. Esta localização não foi escolhida em vão: dali era possível informar as embarcações que deixavam o estuário do Tejo da hora precisa, que era depois utilizada para que fossem acertados os cronómetros marítimos, instrumentos essenciais para a navegação.
 
O mecanismo estava encarregado de marcar a hora exacta e servir de referência aos pilotos, que por aí confirmavam o estado dos seus cronómetros.
 
O relógio tinha um papel essencial já que os cronómetros marítimos, fundamentais para a medida da longitude no mar, não podem ser acertados como os relógios vulgares.
 
O objectivo é conseguir determinar o desfasamento em relação à hora, subtraindo-se ou adicionando-se depois os minutos e segundos necessários.
 
www.destak.pt/artigos.php
 
 
 
 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 08:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

Portugal - Lisboa - música (Fado Mouraria) por Rao Kyao

 LISBOA

 

 

 

 Fotografia de Lisboa, música (Fado Mouraria) por Rao Kyao

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 08:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Portugal - Património - MUSEU NACIONAL DOS COCHES

 LISBOA

 

MUSEU NACIONAL DOS COCHES

 

Imagem do Museu Nacinal de Etnologia

 

COCHE da EMBAIXADA ao PAPA CLEMENTE XI - da Coroação de Lisboa

 

COCHE da EMBAIXADA ao PAPA CLEMENTE XI - da Coroação de Lisboa

 

 

Museu Nacional dos Coches
Praça Afonso de Albuquerque
1300-044 LISBOA
Telefone: (351) 213 610 850
Fax: (351) 213 632 503
mncoches@ipmuseus.pt

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 13:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Mosteiro do Jerônimos - Uma das Maravilhas de Portugal

 MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

 

 

 

 

 LISBOA

 

 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 08:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Assembleia da República - Livraria Parlamentar

 

 

 

Livraria Parlamentar

 

 

 

 

 

A Livraria Parlamentar

é um espaço aberto ao público

 

está aberta todos os dias úteis,

das 9h às 18h

 

e no último sábado de cada mês

das 14h às 18h.

 
 
 
 Livraria Parlamentar
Palácio de S. Bento - 1249-068 Lisboa
Tel:  21 3919353       
Fax: 21 3917006
 
Publicado por bomsensoamiguinhos às 02:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Contagem a partir do dia 17 de Dez de 2008

------------------------------

Deixe a Sua Sugestão...Opinião...Mensagem... ! :-)

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

ENVIE AS SUAS SUGESTÕES: Bomsensoamiguinhos@sapo.pt

PENSAMENTO DO MOMENTO Anilady

Mercados Financeiros: Esp...

Pensamento - Investir na ...

Foi com Surpresa e Enorme...

Bomsenso - Crise Naciona...

O que é a Ética?

Bomsenso - Ética e Mentir...

Bomsenso - GUERRA - GAZA ...

Bomsenso - Dívida Externa...

TAGS

portugal(252)

actualidade(125)

2010(105)

crise(93)

2009(71)

crise económica(66)

pensamento(65)

economia(61)

portugueses(60)

vídeo(54)

cultura(53)

lisboa(52)

história(50)

crise financeira(49)

ciência(48)

2011(46)

videos(44)

portugal-bem(43)

português(43)

presidente da república(43)

conhecer portugal(40)

provérbio(40)

política(38)

actualidade política(37)

citações(37)

pensamentos(37)

cavaco silva(36)

interesse geral(33)

cavaco(31)

viajar cá dentro(31)

património(30)

turismo(30)

saúde(28)

democracia(27)

conhecimento(26)

foto(26)

frases(26)

música(26)

politicos(26)

recessão(26)

viagens(22)

desemprego(21)

estado da nação(21)

europa(21)

frase(21)

tourist(21)

25 de abril(20)

ética(20)

global(20)

investigação(20)

presidente(20)

arte(19)

obama(19)

actualidade económica(18)

fotos(18)

lisbon(18)

poesia(18)

portuguesa(18)

sociedade(18)

conduta(17)

eua(17)

finanças(17)

histórico(17)

neve(17)

poema(17)

porto(17)

portugueses em destaque(17)

revolução(17)

sismo(17)

ue(17)

barack obama(16)

crise politica(16)

frio(16)

cravos(15)

economia real(15)

educação(15)

escritor(15)

história de portugal(15)

movimento(15)

opinião(15)

revolução dos cravos(15)

terramoto(15)

1974(14)

imprensa(14)

militares(14)

photos(14)

poeta(14)

vermelhos(14)

bomsensoamiguinhos(13)

crianças(13)

défice(13)

desconfiança(13)

eleições(13)

forças armadas(13)

mapa(13)

cinema(12)

guerra(12)

museu(12)

otelo saraiva carvalho(12)

photo(12)

todas as tags

PESQUISAR NO BLOG:

 
blogs SAPO
RSS