Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

22
Out10

Belmiro: "Grandes líderes são sóbrios, discretos e não ganham grandes salários"

bomsensoamiguinhos

Económico com Lusa
22/10/10 16:20

 

 



Belmiro

"Grandes líderes são sóbrios, discretos e não ganham grandes salários"

 

Belmiro de Azevedo defendeu um líder deve respeitar "muito mais" os valores do que as contas da empresa ou as cotações.


O presidente da Sonae falava no encerramento da Conferência Fulbright Brainstorms 2010, integrada nas comemorações dos 50 anos da administração do Programa Fulbright em Portugal, que começou quinta-feira em Lisboa.


"O principal de um grande líder é formar líderes melhores do que ele próprio. Se não assume isso, está o caldo entornado. Não devemos morrer agarradas ao cadeirão, mas nem sempre é assim, até na política", afirmou para uma parca plateia que assistia ao encerramento daquele encontro na Gulbenkian.


O empresário defendeu também que os grandes líderes têm uma dupla característica:

 

"são muito sóbrios, muito discretos, e não ganham grandes salários",

 

disse, explicando basear-se em estudos norte-americanos sobre liderança.


"Para chegar á liderança é preciso poder, ou seja ter formação, e querer", afirmou Belmiro de Azevedo, defendendo que os grandes líderes "devem saber arriscar numa mudança de paradigma, económico ou de educação" e que "educar para a liderança é também responsabilização pelo desperdício".

 

O empresário defendeu mesmo a criação de uma disciplina no ensino secundário e universitário sobre ciências humanas, salientando que um grande líder "tem de respeitar muito mais os valores" do que as contas ou as cotações da empresa.


Temos de formar líderes que não sejam egocêntricos ou escravos das luzes e de si próprios", acrescentou, salientando que estes líderes são necessários nas empresas e na política.


Eduardo Marçal Grilo, administrador da Fundação Calouste Gulbenkian e coordenador científico da conferência, defendeu também a importância das ciências humanas na formação por darem capacidade de ver o mundo em todas as suas facetas.


"O poder está nas ideias, não está no dinheiro ou no Ministério da Defesa", concluiu Marçal Grilo no encerramento daquele encontro.

 

17
Fev09

Jorge Sampaio Analisa a Crise

bomsensoamiguinhos

SIC

 

Jorge Sampaio analisa a crise

 

 

 

Jorge Sampaio fala da crise na UE

 

 

 

Ex-PR diz que há risco de “destruirmos o que construímos nos últimos 50 anosA estabilidade do sistema financeiro internacional passa pela realização de uma nova Conferência de Bretton Woods, para que dessa iniciativa saia um "novo quadro institucional", defendeu hoje em Lisboa o ex-Presidente da República Jorge Sampaio

 

O "novo quadro institucional" que deverá sair da conferência "deverá reflectir de forma apropriada os interesses dos países industrializados e também das economias emergentes e das populações mais nobres e que garanta o efectivo apoio ao desenvolvimento", salientou Sampaio, que exerce actualmente funções de Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações.

As conferências de Bretton Woods estabeleceram em Julho de 1944 as regras para as relações comerciais e financeiras entre os países mais industrializados do mundo, tendo em 1946 sido estabelecidos o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional.

Jorge Sampaio, que intervinha na conferência de encerramento das celebrações do 25 aniversário do Centro de Estudos dos Povos e Culturas de Expressão Portuguesa (CEPCEP), da Universidade Católica Portuguesa, citou o discurso que o vice-Presidente norte-americano Joseph Biden proferiu sábado em Munique, Alemanha, para sustentar que, "sem desenvolvimento para todos, não há paz nem segurança sustentáveis no mundo".

"Por isso, mais do que nunca, importa prosseguir na via do multilateralismo porque enfrentamos problemas de dimensão global que só podem ser resolvidos através de mais e melhor cooperação internacional", disse.

A opção pelo multilateralismo visa aproveitar as "lições da história".

"Tal como em outros episódios passados de recessão, as opiniões associadas ao nacionalismo e ao populismo parecem ganhar novo fulgor e força", alertou.

Jorge Sampaio, que intitulou a sua conferência de "Sinais dos Tempos", sustentou que na actual crise, ao apostar-se no "reforço da cooperação" e na "concertação multilateral", importa começar pela construção europeia, "sob pena de destruirmos o que construímos nos últimos 50 anos".

"De facto, neste tempo de crise aguda, é necessário, mais do que nunca, que os governos não secundarizem as políticas de boa governação da diversidade cultural sob pena de estarmos a criar condições para uma explosão social de consequências políticas imprevisíveis", frisou.

A conferência de Jorge Sampaio encerrou as comemorações do CEPCEP, iniciadas em Fevereiro de 2008 com o cardeal patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, e prosseguiram em Dezembro passado com o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso.

Com Lusa

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

ESPAÇOS DO AUTOR

====================== INFORMAÇÃO GLOBAL PANDEMIA - LINKS UTEIS ======================

  • ======================

GRIPE HUMANA DE ORIGEM SUíNA, AVIÁRIA, PANDEMIA -> LINKS ÚTEIS

GRIPE HUMANA (Aviária e Pandemia) Ministérios Outros Países

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PESSOAS ADMIRÁVEIS

LEGISLAÇÃO

=> DIREITOS HUMANOS

INSTITUIÇÕES NACIONAIS

SIC-Soc. Informação e Conhecimento

FINANÇAS / IMPOSTOS

UE - INST. EUROPEIAS

Finanças,Gestão, Economia...

INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

MÚSICOS E MÚSICAS

Imprensa / Informação

ONLINE - RÁDIO / TV / Imagens

EDITORES

ESPAÇOS CULTURAIS

LIVRARIAS

DADOS HISTÓRICOS

LIVREIROS / ALFARRABISTAS

ESPAÇOS AMIGOS

ESPAÇOS SUGERIDOS

VALEU A PENA CONHECER

RESTAURANTES

-> V I O L Ê N C I A

MEDICINA DENTÁRIA

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D