Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

20
Fev11

Vídeo: "Manobras contabilísticas do Estado só provam que o País vai precisar de ajuda"

bomsensoamiguinhos

Negócios online

 

18 Fevereiro 2011 | 16:26

Rita Faria - afaria@negocios.pt

 

Balanço da semana

 

"Manobras contabilísticas do Estado só provam que o País vai precisar de ajuda"

 

 

 

 

Pedro Lino, CEO da Dif Broker, faz o balanço da semana nos mercados e comenta a emissão de dívida, o desempenho da bolsa nacional, e as recentes notícias que têm aumentado a pressão sobre Portugal.

 

O CEO da Dif Broker considera que a emissão de dívida e a recompra de Obrigações do Tesouro que Portugal cumpriu esta semana são um sinal de que o mercado "está desconfiado da capacidade de implementação das medidas que levem a que Portugal não precide de ajuda externa".

"Infelizmente não vamos poder evitar", adianta o responsável, que acrescente "há é que adiar (a intervenção) para renegociar as condições de ajuda".

13
Jan11

Pedro Lino, CEO da Dif Broker: Colocação de OTs e Perspectivas

bomsensoamiguinhos

Data 13/01/11

 

Colocação de Obrigações do Tesouro e Perspectivas

 

 

 

Duração 00:03:58

 

 

Pedro Lino, CEO da Dif Broker

fala sobre a emissão de Obrigações do Tesouro realizada ontem pelo Estado português bem como, sobre a emissão de dívida espanhola e italiana e da recuperação do sector financeiro que está cotado no PSI-20.

 

http://videos.sapo.pt/glhGYcl9faFAbbHATAHe

30
Dez10

Pedro Lino, CEO da Dif Broker

bomsensoamiguinhos

Jornal de Negócios

 

30 Dezembro 2010 | 10:54

Ana Laranjeiro

alaranjeiro@negocios.pt

 

 

"O principal desafio em 2011

vai ser a emissão de obrigações"

 

 

 

Pedro Lino, CEO da Dif Broker, fala sobre a transacção do petróleo nos mercados internacionais e sobre o comportamento dos juros da dívida pública portuguesa depois do anúncio do IGCP. Veja aqui o vídeo.

 

Pedro Lino defende que o "grande desafio" para o próximo ano "vai ser a emissão de grande parte destas linhas de obrigações".

 

Particularmente, "num ambiente onde vai haver grande concorrência europeia", uma vez que, a Europa "vai emitir cerca de 270 mil milhões de euros" em títulos de dívida.

 

 

 

 

 

admite que "no mercado cambial" a "surpresa vai ser o euro-dólar" sobretudo "a partir do 3º trimestre"

 

 

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=460723

 

http://www.dif.pt/web/pt_pt/home#

12
Nov10

Belmiro de Azevedo, o Analista de Sucesso

bomsensoamiguinhos

Dif Broker

http://www.dif.pt/web/pt_pt/home

 

 

 

Blogger

Ulisses Pereira

 

Belmiro de Azevedo, o analista de sucesso

Em 09-07-2010 13:43

 

 

A moral não joga bem com as leis do mercado de capitais. Quem se quiser dedicar a esses problemas não pode jogar na Bolsa."

 

Belmiro de Azevedo Belmiro de Azevedo é, quase unanimemente, considerado um dos grandes empresários portugueses.

 

A dimensão das suas empresas, os seus resultados e os milhares de postos de trabalho que as suas empresas criaram falam por si.

 

Mas eu vou mais longe e considero Belmiro de Azevedo um dos mais brilhantes analistas de bolsa do nosso país, mesmo que não publique análises ou raramente teça comentários sobre a evolução do mercado.

 

Belmiro de Azevedo teve a percepção de, ao longo dos anos, colocar as suas empresas no mercado muito próximo dos topos, ou seja, conseguindo vender parte das suas empresas a preços fantásticos, antes das correcções afundarem as cotações.

 

Por outro lado, consegue ter a frieza suficiente para a sua empresa-mãe lançar ofertas públicas de aquisição (OPA) sobre o capital de algumas das suas empresas cotadas em bolsa muito próximo do fundo dos mercados, conseguindo recomprar a preços de saldo aquilo que colocou a preço de ouro. Exemplos não faltam.

 

A colocação em Bolsa da Sonae.com - logo a seguir à "bolha tecnológica" - é um bom exemplo disso depois de, alguns anos antes, ter retirado do mercado uma empresa com outro nome (Imparsa) mas com muitas semelhanças a essa nova empresa. Talvez o caso mais emblemático tenha sido as sete ofertas públicas de venda (OPV) que realizou, em simultâneo, em 1987 colocando no mercado diversas empresas. E até a OPA à PT, que pareceu a um preço demasiado caro (em função do que aconteceu às cotações posteriormente), é agora vista como uma excelente oferta depois da OPA da Telefónica à Vivo.

 

Muitos são os pequenos investidores que não gostam de Belmiro de Azevedo. Percebe-se porquê.

 

Quem acorre às OPV comprando na expectativa de obter bons resultados, tem ficado muito frustrado ao ver as acções afundarem-se e acusam o líder da Sonae de os enganar. Lamento não partilhar dessa perspectiva mas ninguém é obrigado a comprar e quem vende fá-lo por um preço que considera bom e quem compra devia fazê-lo porque considera o preço atraente.

 

Quem tiver melhor visão do mercado será, naturalmente, recompensado. Veremos para quando o próximo toque de mestre de Belmiro. E mesmo que não detenha acções nesse próximo toque, esteja atento ao que isso sinaliza para o mercado.

 

Uma OPA indiciará que estamos perto de um fundo e uma OPV que estamos perto de um topo.

 

Se não fosse um gestor de excelência, Belmiro de Azevedo teria sido certamente um analista de enorme qualidade.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

ESPAÇOS DO AUTOR

====================== INFORMAÇÃO GLOBAL PANDEMIA - LINKS UTEIS ======================

  • ======================

GRIPE HUMANA DE ORIGEM SUíNA, AVIÁRIA, PANDEMIA -> LINKS ÚTEIS

GRIPE HUMANA (Aviária e Pandemia) Ministérios Outros Países

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PESSOAS ADMIRÁVEIS

LEGISLAÇÃO

=> DIREITOS HUMANOS

INSTITUIÇÕES NACIONAIS

SIC-Soc. Informação e Conhecimento

FINANÇAS / IMPOSTOS

UE - INST. EUROPEIAS

Finanças,Gestão, Economia...

INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

MÚSICOS E MÚSICAS

Imprensa / Informação

ONLINE - RÁDIO / TV / Imagens

EDITORES

ESPAÇOS CULTURAIS

LIVRARIAS

DADOS HISTÓRICOS

LIVREIROS / ALFARRABISTAS

ESPAÇOS AMIGOS

ESPAÇOS SUGERIDOS

VALEU A PENA CONHECER

RESTAURANTES

-> V I O L Ê N C I A

MEDICINA DENTÁRIA

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D