Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

14
Jul10

Portugal visto aos olhos dos jornais FT, WSJ e NY Times

bomsensoamiguinhos

Económico

14/07/10 13:20

Imprensa

Portugal

visto aos olhos dos jornais

FT, WSJ e NY Times

Eudora Ribeiro
14/07/10 13:20

 

 

Será difícil encontrar um dia em que Portugal tenha direito a tantos caracteres em jornais de referência internacionais.


Por razões diferentes, Portugal tem hoje direito a longos artigos no britânico Financial Times (FT) e nos americanos WSJ e New York Times.

 

 

FT: Sócrates, o "optimista inveterado"

 

O Financial Times dedica hoje seis páginas a Portugal num suplemento especial, que conta com uma entrevista ao primeiro-ministro português José Sócrates.

Escreve o jornal britânico que a campanha portuguesa para acelerar o equilíbrio das contas públicas vai abrandar o crescimento da economia e que Portugal está agora a experienciar "as dores" de fazer parte da união monetária e a sofrer, por contágio, com os efeitos da crise de dívida soberana.

O FT também defende que Portugal tem de fazer mais para acompanhar os pares europeus, no que respeita os resultados escolares. Mas o suplemento também aponta muitos pontos fortes do país.

Além de considerar o primeiro-ministro Sócrates um "optimista inveterado", o FT apresenta Portugal como um país que tem as tecnologias limpas como bandeira do Governo e que quer liderar os países do sul da Europa na modernização dos serviços públicos, combatendo a excessiva burocratização.

"Ao longo dos últimos cinco anos, Portugal tentou substituir a sua burocracia baseada em papéis com serviços online e cara-a-cara tanto para os cidadãos como empresas através do programa Simplex", escreve o FT.

O periódico nota ainda que "Portugal se está a aperceber que tem mais para oferecer aos visitantes do que sol, areia e mar".

 

 

WSJ: Austeridade não é novidade em Portugal

 

O Wall Street Journal escreve, por seu turno, que "Para Portugal, a austeridade não é nada de novo", num comentário ao facto de a agência Moody's ter ontem cortado a notação de Portugal em dois níveis para ‘A1'.

Contudo, o WSJ adianta que "a experiência de Portugal - que inicialmente beneficiou com as vantagens da união monetária mas depois foi um dos países que mais cedo experimentou os problemas decorrentes de estar na zona euro - oferece o que alguns economistas consideram ser um exemplo elucidativo do caminho da recuperação para Espanha, Grécia e outros países", diz o WSJ.

"Há duas décadas, Portugal era considerado uma economia com sucesso", lembra o WSJ. Contudo, depois de aderir ao euro em 1999, a dominante indústria têxtil não foi capaz de aproveitar os empréstimos a baixo custo e um mercado europeu comum para criar as bases de crescimento no longo-prazo, continua o jornal. 

 

NY Times: Portugal Colonial

 

Já o New York Times diz que "Portugal está a voltar-se para antigas colónias para crescer". "Portugal, uma das economias europeias mais castigadas, está tendencialmente a aumentar as suas esperanças de recuperação em Angola, uma antiga colónia que se tornou uma das mais fortes economias da África subsariana - graças ao petróleo e aos diamantes", diz o NY Times.

 

O jornal nota também que no Brasil, outra antiga colónia, a concorrência está a ficar mais difícil de gerir, numa altura em que outros antigos parceiros comerciais europeus de longa data, como a Espanha, atravessam "picos de endividamento e uma escalada no desemprego".

 

Nota o NYTimes que a luta pela Vivo é o mais recente caso dos esforços do Governo português para manter a sua presença no Brasil, travando a investida da espanhola Telefónica para ficar com o controlo da Vivo, isto "apesar de o negócio ter sido aprovado pelos accionistas da PT".

 

Uma ‘novela' que tem os dias contados e que termina já esta sexta-feira, o ‘deadline' estabelecido pela Telefónica para a PT aceitar a oferta de 7,15 mil milhões de euros pela posição que detém na Vivo, a ‘galinha dos ovos de ouro' da telecom portuguesa, e uma empresa que Sócrates disse repetidamente ser "estratégica e fundamental para o futuro da PT" e para os interesses vitais de Portugal.

26
Abr09

Agostinho da Silva

bomsensoamiguinhos

Sapo

 

Herman José entrevista Agostinho da Silva

parte2

 

 

 

George Agostinho Baptista da Silva foi um grande filósofo, poeta e ensaísta português.

 

"Conversas Vadias" CD2
Entrevista com Baptista Bastos
Parte Final

"No final de contas

não tenho feito mais do que apresentar e repetir

o que foi a obra e o pensamento de muitos portugueses do

século XIII,

de Camões, do Padre Vieira, de Fernando Pessoa,

Não sou nenhuma espécie de

génio ou de visionário."

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

ESPAÇOS DO AUTOR

====================== INFORMAÇÃO GLOBAL PANDEMIA - LINKS UTEIS ======================

  • ======================

GRIPE HUMANA DE ORIGEM SUíNA, AVIÁRIA, PANDEMIA -> LINKS ÚTEIS

GRIPE HUMANA (Aviária e Pandemia) Ministérios Outros Países

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PESSOAS ADMIRÁVEIS

LEGISLAÇÃO

=> DIREITOS HUMANOS

INSTITUIÇÕES NACIONAIS

SIC-Soc. Informação e Conhecimento

FINANÇAS / IMPOSTOS

UE - INST. EUROPEIAS

Finanças,Gestão, Economia...

INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

MÚSICOS E MÚSICAS

Imprensa / Informação

ONLINE - RÁDIO / TV / Imagens

EDITORES

ESPAÇOS CULTURAIS

LIVRARIAS

DADOS HISTÓRICOS

LIVREIROS / ALFARRABISTAS

ESPAÇOS AMIGOS

ESPAÇOS SUGERIDOS

VALEU A PENA CONHECER

RESTAURANTES

-> V I O L Ê N C I A

MEDICINA DENTÁRIA

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D