Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

ARQUIVO

PESQUISAR NO BLOG:

 

POST RECENTES

VIOLÊNCIA INFANTIL - Risc...

Vítimas de violência domé...

Sociedade - Desemprego

Portugal - consumo - Cris...

LINKS

PESQUISAR NO BLOG:

 

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

VIOLÊNCIA INFANTIL - Risco é maior em famílias reconstruídas

DESTAK

 

 

Foto: 123RF

123RF

 

VIOLÊNCIA INFANTIL
 
Risco é maior em famílias reconstruídas
 
19 | 01 | 2009   12.50H
 
O risco de casos de violência infantil em ambiente familiar é mais frequente em famílias reconstruídas do que em famílias nucleares, conclui um estudo da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), hoje divulgado
 
Cont. www.destak.pt/artigos.php

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 16:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Vítimas de violência doméstica - 132 mil em 8 anos

Diário Digtal

diariodigital.sapo.pt/news.asp

 

quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009 | 17:26
   

 
Registadas 132 mil vítimas de
violência doméstica em 8 anos
 


A secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação revelou hoje, na Guarda, que nos últimos oito anos foram registados 132 mil casos de vítimas de violência doméstica” em Portugal, admitindo que os dados corresponderão a “30 por cento da realidade”.

“Este é um número que, para além de mera estatística, nos deve levar a fazer uma reflexão, porque representa 52 vítimas por dia e duas por hora”, disse Idália Moniz à Agência Lusa, no final da cerimónia da assinatura de um protocolo para criação de um Núcleo de Atendimento às Vitimas de Violência Doméstica na Guarda, onde também esteve o secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Jorge Lacão.

“Não podemos tolerar nem coabitar com esta realidade, temos que denunciá-la e encontrar respostas responsáveis, rápidas e eficazes para estas vítimas de violência”, acrescentou.

Idália Moniz adiantou que na actual legislatura foi feita uma aposta nesta área, ficando o território nacional, a partir de quinta-feira com a criação do Núcleo de Portalegre, dotado com uma rede nacional de 18 núcleos, o que equivale à existência de uma estrutura por cada distrito.

“Dotámos todo o território nacional de uma resposta integrada” para tratar de casos de violência doméstica, disse Idália Moniz, adiantando que o Ministério do Trabalho e da Solidariedade disponibiliza uma verba de meio milhão de euros para o seu funcionamento.

Por outro lado, referiu que existem em Portugal 29 casas abrigo que, no ano de 2007, acolheram 1.458 vítimas (mulheres e crianças), que são apoiadas com 3,5 milhões de euros pelo Governo.

O Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica do distrito da Guarda irá funcionar no Centro de Formação Assistência e Desenvolvimento (CFAD), como ficou definido no protocolo hoje celebrado.

O seu director, Virgílio Mendes Ardérius, adiantou à Lusa que deverá começar a funcionar “a partir do dia 01 de Fevereiro” com quatro técnicos (assistente social, psicólogo, jurista e administrativo).

A estrutura hoje criada resulta de um protocolo entre Governo Civil, serviços distritais do Instituto da Segurança Social (ISS), Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), GNR, PSP, CFAD, Unidade Local de Saúde da Guarda e Caritas Diocesana.

O serviço terá como atribuições, identificar os principais problemas existentes na região, promover soluções adequadas para os resolver e indicar os casos sinalizados à CIG e ISS.

Para a Governadora Civil da Guarda, Maria do Carmo Borges, trata-se de um projecto que irá dar apoio a todas vítimas da violência doméstica existentes no nosso distrito, considerando que “cada vez há mais denúncias”.

Referiu que as instituições que lidavam com estas situações “têm feito esse trabalho de uma maneira muito eficiente” mas, a partir de agora, “a Guarda tem um espaço, com técnicos especializados, para receber essas pessoas”.

Segundo Elza Pais, presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, no ano de 2008, no distrito da Guarda foram feitas “cerca de mil queixas” de violência doméstica junto da PSP e da GNR.

A responsável recordou que as mulheres “são as principais vítimas” mas, nas zonas do interior, “a questão da vergonha coloca-se muito e há muitas vítimas que preferem aguentar o sofrimento a ter que passar pela vergonha de uma ruptura nestas circunstâncias”.

Diário Digital / Lusa
Publicado por bomsensoamiguinhos às 16:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sábado, 3 de Janeiro de 2009

Sociedade - Desemprego

SOL

sol.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx

 
Trabalho
 
Maior corrida de sempre aos centros de emprego
 
Por Luís Reis Ribeiro
 
Os centros do Ministério do Trabalho receberam mais de 600 mil inscrições de desempregados em 2008, mais 12% do que em 2007.
 
É o valor mais alto de sempre e reflecte o agravamento da crise.
 
Fim de contratos a prazo e despedimento são as principais razões

 

Mais de 50 mil inscrições de desempregados por mês, um total superior a 600 mil casos em 2008: os centros de emprego do Ministério do Trabalho receberam, no ano que terminou, o maior número de sempre de pedidos de apoio (procura de trabalho e de formação, pedidos de subsídio de desemprego), sinal do agravamento veloz de uma crise que deverá assumir proporções ainda mais graves em 2009, referem os principais observadores.

 

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) terá recebido, em 2008, uma média de 50 mil pedidos de desempregados por mês. Principais motivos: a precariedade do contrato e o despedimento. As novas regras (mais exigentes) do subsídio de desemprego,  em vigor desde início de 2007, contribuíram para o acréscimo homólogo, pois reduziram o fluxo de desempregados em 2007. Mas, comparando com 2006, antes das novas regras surtirem efeito, o desemprego já está a subir de forma significativa.
 
sol.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 18:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008

Portugal - consumo - Crise - Famílias

TSF 

                                                                            Fonte: tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx

crise financeira

 


Famílias portuguesas estão a alterar hábitos de uso do crédito

Hoje às 11:44

 As famílias portuguesas estão a alterar o comportamento perante a crise, recorrendo mais ao crédito para artigos para o lar, em detrimento das habituais opções, como o automóvel. No entanto, esta opção não vem alterar o risco de maior endividamento.
 

Devido à crise internacional, está-se a assistir a uma alteração no comportamento das famílias portuguesas com estas a voltarem-se para o crédito especializado para aquisição de artigos para o lar e menos para o crédito pessoal e automóvel, indicou, esta quinta-feira a Associação de Instituições de Crédito Especializado (ASFAC).

 

A secretária-geral da ASFAC, Susana Albuquerque, acrescentou que «o crédito especializado para aquisição de artigos para o lar vai crescer em Portugal até ao final de 2008» enquanto que os demais tipos de crédito têm registado evoluções negativas.

 

«Ao longo do próximo ano a tendência de evolução aponta para uma redução global no crédito especializado concedido», devido não só ao facto de Portugal ser um mercado «mais maduro», mas também porque as taxas de endividamento, que oscilam entre os 10 a 15 por cento, ao ano, «não serem possíveis de manter», sublinhou.

 

No entanto, a responsável do Gabinete de Apoio ao Sobrendividamento da Deco, Natália Nunes, deixa um aviso às famílias portuguesas para que, independentemente do tipo de crédito ao consumo optem por este tipo de financiamento «de forma pontual e ponderada para não aumentarem o seu endividamento para lá dos limites prudenciais».

 

Para a Deco, as famílias devem fazer sempre um orçamento, procurar ter como objectivo poupar cinco a seis vezes o rendimento mensal, por forma a terem «um pé de meia» e «aprender a viver com o que têm», devendo ver o crédito como um complemento para situações «bem ponderadas»

 FONTE:  TSF 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:16
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Contagem a partir do dia 17 de Dez de 2008

------------------------------

Deixe a Sua Sugestão...Opinião...Mensagem... ! :-)

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

ENVIE AS SUAS SUGESTÕES: Bomsensoamiguinhos@sapo.pt

PENSAMENTO DO MOMENTO Anilady

Mercados Financeiros: Esp...

Pensamento - Investir na ...

Foi com Surpresa e Enorme...

Bomsenso - Crise Naciona...

O que é a Ética?

Bomsenso - Ética e Mentir...

Bomsenso - GUERRA - GAZA ...

Bomsenso - Dívida Externa...

TAGS

portugal(252)

actualidade(125)

2010(105)

crise(93)

2009(71)

crise económica(66)

pensamento(65)

economia(61)

portugueses(60)

vídeo(54)

cultura(53)

lisboa(52)

história(50)

crise financeira(49)

ciência(48)

2011(46)

videos(44)

portugal-bem(43)

português(43)

presidente da república(43)

conhecer portugal(40)

provérbio(40)

política(38)

actualidade política(37)

citações(37)

pensamentos(37)

cavaco silva(36)

interesse geral(33)

cavaco(31)

viajar cá dentro(31)

património(30)

turismo(30)

saúde(28)

democracia(27)

conhecimento(26)

foto(26)

frases(26)

música(26)

politicos(26)

recessão(26)

viagens(22)

desemprego(21)

estado da nação(21)

europa(21)

frase(21)

tourist(21)

25 de abril(20)

ética(20)

global(20)

investigação(20)

presidente(20)

arte(19)

obama(19)

actualidade económica(18)

fotos(18)

lisbon(18)

poesia(18)

portuguesa(18)

sociedade(18)

conduta(17)

eua(17)

finanças(17)

histórico(17)

neve(17)

poema(17)

porto(17)

portugueses em destaque(17)

revolução(17)

sismo(17)

ue(17)

barack obama(16)

crise politica(16)

frio(16)

cravos(15)

economia real(15)

educação(15)

escritor(15)

história de portugal(15)

movimento(15)

opinião(15)

revolução dos cravos(15)

terramoto(15)

1974(14)

imprensa(14)

militares(14)

photos(14)

poeta(14)

vermelhos(14)

bomsensoamiguinhos(13)

crianças(13)

défice(13)

desconfiança(13)

eleições(13)

forças armadas(13)

mapa(13)

cinema(12)

guerra(12)

museu(12)

otelo saraiva carvalho(12)

photo(12)

todas as tags

PESQUISAR NO BLOG:

 
blogs SAPO
RSS