SÃO NESTE MOMENTO :

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

ARQUIVO

PESQUISAR NO BLOG:

 

POST RECENTES

Obra de Pedro Nunes está ...

Gulbenkian - Entrega Prém...

Gulbenkian - Temporada Gu...

Charles Darwin - Exposiçã...

Fundação Calouste Gulbenk...

Portugal - Cultura - Calo...

LINKS

PESQUISAR NO BLOG:

 

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

Bem Vindo a este Espaço :-)

Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Obra de Pedro Nunes está pela primeira vez completamente editada

Público

 

Primeira edição da obra de Pedro Nunes
está pronta e a dar muito que falar... lá fora
06.08.2009 - 11:08 Por Ana Machado
 
É um dos maiores matemáticos de sempre. E é português. A obra de Pedro Nunes está pela primeira vez completamente editada. Quatro volumes já estão disponíveis. Outros quatro estão a caminho. E isso fala-se por todo o mundo.
   Pedro Cunha

Pedro Nunes no Padrão dos Descobrimentos,
segurando a esfera armilar


 

Há sete anos que a vida de Henrique Leitão corre entre as quatro paredes de um dos gabinetes da Academia das Ciências, no Bairro Alto, em Lisboa. Desde que em 2002 a Academia das Ciências de Lisboa e a Fundação Calouste Gulbenkian decidiram lançar-lhe um desafio e convidá-lo para editar a obra completa daquele que é o maior matemático português de sempre e uma das figuras mais proeminentes do pensamento quinhentista.

"Foi o maior cientista que houve em Portugal." Para quem duvida do lugar de Pedro Nunes no panorama intelectual do século XVI, Henrique Leitão recorre sempre a um diagrama de época sobre mestres de álgebra - o frontispício do livro de Matemática do alemão Johannes Luneschlos, de 1649, onde aparece a imagem de Pedro Nunes a par de figuras como Euclides. Está lá, colado numa estante, por trás da cabeça de Henrique Leitão.

"São sete anos visíveis de trabalho", diz o investigador sobre a edição da obra do matemático, enquanto coloca os quatro volumosos livros em cima da mesa: Sobre a Arte e Ciência de Navegar, Tratado da Esfera, Sobre os Crepúsculos e Sobre os Erros de Orôncio Fineu. "E estão mais dois para sair depois do Verão e os outros dois volumes restantes aqui", diz, apontando para dois dossiers vermelhos numa prateleira. "E poderá sair um nono, uma espécie de best of em inglês".

A primeira tentativa de edição das obras de Pedro Nunes, o matemático quinhentista que pensou fora do seu tempo, foi feita na década de 1940 pelo historiador Joaquim de Carvalho. Completaram-se então quatro volumes que nunca foram publicados. O trabalho foi interrompido pela morte de Joaquim de Carvalho em 1958.

Henrique Leitão, físico e historiador de ciência, o segundo português a integrar a Academia Internacional de História da Ciência (o primeiro foi o historiador dos descobrimentos Luís de Albuquerque), pegou no que Joaquim de Carvalho tinha deixado e aceitou o desafio, lançado pela Academia das Ciências e pela Fundação Calouste Gulbenkian para editar, pela primeira vez, as obras completas do matemático. Isso foi em 2002. Seguiram-se dois anos fechado a estudar engenharia naval do século XVI. E depois astronomia teórica. O objectivo era compilar tudo o que desde a década de 1950 se aprendeu sobre a vida e obra de Pedro Nunes para acrescentar ao trabalho de Joaquim de Carvalho. E publicar as obras.

"É um autor muito seco e técnico, tirando alguns devaneios que deixam respirar fundo", diz Henrique Leitão, enquanto folheia aquela que, na sua perspectiva, é a obra-prima do matemático: Sobre a Arte e a Ciência de Navegar. São 800 páginas, 300 delas de anotações.

"Pedro Nunes apresenta a navegação como ciência matemática, funda a navegação como disciplina. A arte era para os pilotos, ele traz a ciência, uma matemática muito avançada, só para os maiores matemáticos da Europa. Não se acredita que a navegação tenha tirado partido da sua teoria, apesar de esta a ter influenciado mais tarde. No princípio do século XVII já Pedro Nunes era o matemático com mais influência na náutica holandesa e inglesa." Talvez por ele pensar fora do tempo, explica Henrique Leitão, a Inquisição nunca se cruzou no caminho do matemático. "Não se preocupavam com uma obra que apenas 10 ou 20 pessoas conseguiam ler."

Nunes internacional

Mas a edição da obra de Pedro Nunes tem, para Henrique Leitão, um valor para lá da própria obra: "Toda a gente fala dos livros [de Pedro Nunes, os primeiros quatro dos quais foram recentemente postos à venda], mas isto é a ponta do icebergue. O que é mesmo importante é que este trabalho está a ser valorizado internacionalmente." Nos últimos anos, enquanto a edição da obra estava a ser preparada, aumentou o interesse por Pedro Nunes - e isso traduziu-se num aumento de artigos, livros e conferências sobre o matemático. "Todos os artigos e livros que se publicaram nos últimos sete anos são mais do que alguma vez se tinha publicado e colocam Pedro Nunes na rota das grandes teorias que marcaram a náutica. O impacto internacional foi brutal. Foi dado a conhecer um Pedro Nunes que não se conhecia."

Henrique Leitão debruça-se sobre o ecrã do computador para mostrar listas de correio electrónico de investigadores que estudam hoje Pedro Nunes, redes de universidades que se dedicam à sua obra e convites de congressos por toda a Europa que se debruçam sobre o legado do matemático português. "É um autor científico português que é interessante para a comunidade internacional e isto é consequência directa do trabalho que se começou em 2002. Eu sabia que quando o mostrasse ao mundo ele ia interessar. O provincianismo não tem lugar nesta história. Este homem é internacionalmente interessante. Este é de facto o objectivo que se pretendia alcançar."

Nomes que são referências mundiais da história da ciência - como o alemão Eberhard Knobloch ("o maior historiador de ciência vivo", nas palavras de Henrique Leitão - ficam fascinados com Pedro Nunes. E o norte-americano Larry Ferreiro, o maior especialista mundial em arquitectura naval, apaixonou-se pelo texto de Pedro Nunes sobre "a arte de remar", em que o matemático português chama ignorante a Aristóteles, que também tinha teorizado sobre esta matéria: "Note-se que a teoria de Nunes está muito mais próxima da teoria que hoje se conhece do que a de Aristóteles", escreve Ferreiro num artigo científico.

É a constatação de Henrique Leitão:
"Estamos sempre a descobrir que os textos dele foram muito mais importantes do que se pensava."

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 00:01
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

Gulbenkian - Entrega Prémios

 

 

 
Entrega Prémios  Gulbenkian
 

20 - 07 - 2009

 

às 18h00


Anfiteatro ao Ar Livre

 

 


Cerimónia de entrega dos Prémios Gulbenkian:
 

Arte

Beneficência

Ciência

Educação 

Internacional Calouste Gulbenkian
 

 

 

 ⇔⇔⇔

 

 ver

 

 

Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009
 
Portugal - Cultura
Calouste Sarkis Gulbenkian (1869 - 1955)
 
 
 ⇔
 
 
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009
 
Fundação Calouste Gulbenkian - LISBOA
 
Fundação Calouste Gulbenkian
 
 
 
 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 22:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sábado, 21 de Março de 2009

Gulbenkian - Temporada Gulbenkian de Música - 22 a 25 de Março 2009

 

 

ecard_18_03_09.jpg

 

 

www.gulbenkian.pt/index.php

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Charles Darwin - Exposição na Fundação Gulbenkian - Duplo Aniversário

 

 

 

SAPO

Álbum

 

Exposição A Evolução de Darwin
 

 

 

Em 2009 passam 200 anos sobre o nascimento de Charles Darwin (a 12 de Fevereiro) e 150 sobre a publicação da sua obra A Origem das Espécies (em Novembro).

 

A exposição A Evolução de Darwin, que inaugura esta 5ª feira na Fundação Gulbenkian, Lisboa, pretende ser uma viagem em torno do homem e da obra

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 13:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Fundação Calouste Gulbenkian - LISBOA

 

Fundação Calouste Gulbenkian

 

 

Fundação Calouste Gulbenkian

 

www.gulbenkian.pt/index.php

 

 

Fundação Calouste Gulbenkian
Av. de Berna, 45A
1067-001 Lisboa

Telf: 21 782 3000
Fax: 21 782 3021

info@gulbenkian.pt

Horário de funcionamento:
De segunda a sexta-feira das 9h00 às 13h00 e das 14h30 às 17h30

Transportes públicos:
Metro: S. Sebastião (linha Azul)
Autocarros: 16, 718, 726, 742, 746, 56


Gabinete de Comunicação:
Tel: + 351 21 782 3217
Fax: + 351 21 782 3027
 

Actividades Educativas:

DESCOBRIR…
Programa Gulbenkian Educação para a Cultura
Informações e Reservas para todas as actividades educativas
(mais novos e adultos)
De Segunda a Quinta-feira das 10h30 às 12h30 e das 15h00 às 17h00
Tel: +351 21 782 3800
Fax:  +351 21782 3014
Email: descobrir@gulbenkian.pt e descobrirmarcacoes@gulbenkian.pt

 

 

Serviços Centrais
centrais@gulbenkian.pt

Belas Artes
bartes@gulbenkian.pt

Música
musica@gulbenkian.pt

Saúde e Desenvolvimento Humano
saude@gulbenkian.pt

Ciência
ciencia@gulbenkian.pt

 
Educação
educa@gulbenkian.pt
 
 
 


 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 11:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Portugal - Cultura - Calouste Sarkis Gulbenkian (1869 - 1955)

 O Coleccionador

 

Calouste Sarkis Gulbenkian (1869 - 1955)



Nasceu em Scutari, actualmente Üsküdar (Istambul) a 29 de Março de 1869, numa família de abastados comerciantes arménios.

 

Educado na escola local até aos treze anos, estudou em Marselha e posteriormente no King's College em Londres, diplomando-se com distinção no Department of Engineering and Applied Sciences (1887).

 

Em 1902 adquiriu a cidadania britânica.

 

A sua vida profissional foi vocacionada para a indústria do petróleo, desempenhando um papel primordial no seu desenvolvimento no Médio Oriente. 
 

 

www.museu.gulbenkian.pt/coleccionador.asp

 

 

Museu Calouste Gulbenkian
Avenida de Berna, 45-A
1067 Lisboa
Tel.: (+351) 217.823.000
 

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 01:59
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Contagem a partir do dia 17 de Dez de 2008

------------------------------

Deixe a Sua Sugestão...Opinião...Mensagem... ! :-)

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

ENVIE AS SUAS SUGESTÕES: Bomsensoamiguinhos@sapo.pt

PENSAMENTO DO MOMENTO Anilady

Mercados Financeiros: Esp...

Pensamento - Investir na ...

Foi com Surpresa e Enorme...

Bomsenso - Crise Naciona...

O que é a Ética?

Bomsenso - Ética e Mentir...

Bomsenso - GUERRA - GAZA ...

Bomsenso - Dívida Externa...

TAGS

portugal(252)

actualidade(125)

2010(105)

crise(93)

2009(71)

crise económica(66)

pensamento(65)

economia(61)

portugueses(60)

vídeo(54)

cultura(53)

lisboa(52)

história(50)

crise financeira(49)

ciência(48)

2011(46)

videos(44)

portugal-bem(43)

português(43)

presidente da república(43)

conhecer portugal(40)

provérbio(40)

política(38)

actualidade política(37)

citações(37)

pensamentos(37)

cavaco silva(36)

interesse geral(33)

cavaco(31)

viajar cá dentro(31)

património(30)

turismo(30)

saúde(28)

democracia(27)

conhecimento(26)

foto(26)

frases(26)

música(26)

politicos(26)

recessão(26)

viagens(22)

desemprego(21)

estado da nação(21)

europa(21)

frase(21)

tourist(21)

25 de abril(20)

ética(20)

global(20)

investigação(20)

presidente(20)

arte(19)

obama(19)

actualidade económica(18)

fotos(18)

lisbon(18)

poesia(18)

portuguesa(18)

sociedade(18)

conduta(17)

eua(17)

finanças(17)

histórico(17)

neve(17)

poema(17)

porto(17)

portugueses em destaque(17)

revolução(17)

sismo(17)

ue(17)

barack obama(16)

crise politica(16)

frio(16)

cravos(15)

economia real(15)

educação(15)

escritor(15)

história de portugal(15)

movimento(15)

opinião(15)

revolução dos cravos(15)

terramoto(15)

1974(14)

imprensa(14)

militares(14)

photos(14)

poeta(14)

vermelhos(14)

bomsensoamiguinhos(13)

crianças(13)

défice(13)

desconfiança(13)

eleições(13)

forças armadas(13)

mapa(13)

cinema(12)

guerra(12)

museu(12)

otelo saraiva carvalho(12)

photo(12)

todas as tags

PESQUISAR NO BLOG:

 

Facebook

Auxiliar Memória Do Mundo

Cria o teu cartão de visita
    follow me on Twitter
    blogs SAPO
    RSS