Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

ARQUIVO

PESQUISAR NO BLOG:

 

POST RECENTES

Obama - Discurso muito es...

Meninos que cresceram na ...

Gaza: Manifestações em To...

Gaza:Acontecimentos Desde...

LINKS

PESQUISAR NO BLOG:

 

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31
Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Obama - Discurso muito esperado, feito na Universidade do Cairo,

 Mundo

 RTP

2009-06-04 21:20:16

 

 
 Obama
 
 
Abre nova era de relações entre os povos
 
 
com apelo a
 
Uma nova aliança entre
 
cristãos e muçulmanos
 
 
 
 
 
 
O Presidente dos Estados Unidos apelou a uma nova aliança entre cristãos e muçulmanos. Num discurso muito esperado, feito na Universidade do Cairo, Barack Obama disse que a America e o Islão devem acabar com as suspeições e aliar-se para combater o extremismo.

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:55
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

Meninos que cresceram na Guerra - Grande Reportagem SIC

 

 

 

Grande Reportagem SIC de Henrique Cymerman, para ver na íntegra

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 20:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Gaza: Manifestações em Todo o Mundo

 

 

 

 aeiou.expresso.pt/gaza:_ofensiva_israelita_provoca_manifestacoes_em_todo_o_mundo=f489916

 

 Actualidade

Gaza: Ofensiva israelita provoca manifestações em todo o mundo
 
A ofensiva terrestre de Israel na Faixa de Gaza provocou hoje reacções de preocupação e apelos ao cessar-fogo oriundos de todo o mundo, a par de manifestações populares em vários países.
 
Lusa
22:48 Domingo, 4 de Jan de 2009

 

A ofensiva terrestre das Forças de Defesa de Israel (IDF) na Faixa de Gaza provocou hoje reacções de preocupação e apelos ao cessar-fogo oriundos de todo o mundo, a par de manifestações populares em vários países.
 
Várias manifestações contra o ataque israelita tiveram lugar em Rabat (Marrocos), Tripoli (Líbia), Sidney e Melbourne (Austrália), Montreal (Canadá), Istambul (Turquia), Beirute (Líbano), Kerbala (Iraque) e Indonésia.
 
Em França, onde reside a maior comunidade judaica da Europa, vários milhares de pessoas manifestaram-se hoje para mostrar o seu apoio à "acção de autodefesa de Israel" contra o Hamas, grupo islamista que controla Gaza. Entretanto, vários governos mundiais apelaram a um cessar-fogo na Faixa de Gaza.
 
Os Estados Unidos, que são aliados indefectíveis de Israel, pediram um "cessar-fogo duradouro", mas frisando que isso não deve significar um regresso ao 'status quo' anterior à ofensiva das IDF, quando Israel era constantemente alvo de ataques de 'rockets' enviados pelo Hamas.
 
Também o Canadá apelou a um cessar-fogo "viável e duradouro", que deve começar pelo fim do lançamento de 'rockets' sobre Israel por parte do Hamas.
 
A delegação europeia liderada pelo chefe da diplomacia checa Karel Schwarzenberg, que partiu hoje para o Médio Oriente, apelou também à cessação das hostilidades. "Vamos trabalhar por um cessar-fogo", assegurou a comissária europeia para os Assuntos Exteriores, Benita Ferrero-Waldner, que integra a missão europeia, antes da partida para o Médio Oriente.
 
O Papa Bento XVI apelou também a uma acção imediata para pôr fim à actual "situação trágica", ao passo que o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-Moon, exigiu o fim imediato da ofensiva israelita.
 
Por sua vez, a França, cujo presidente, Nicolas Sarkozy, parte segunda-feira para a região, condenou a ofensiva terrestre israelita, bem como a continuação do lançamento de 'rockets' pelo Hamas.
 
O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, considerou o actual momento "muito perigoso" e afirmou que é necessário "trabalhar ainda mais para um cessar-fogo imediato".
 
A Alemanha, por seu turno, defendeu um cessar-fogo que garanta "a segurança a longo prazo de Israel", nomeadamente pondo fim aos ataques do Hamas.
 
A Dinamarca, que reconhece o direito de Israel a defender-se contra os ataques do Hamas, lamentou o uso de "uma força destruidora e exagerada", bem como a Islândia, que reclamou o envio de uma força de manutenção de paz para a região.
 
A Espanha exortou Israel a pôr fim à ofensiva terrestre, enquanto o ministro dos Negócios Estrangeiros, Miguel Angel Moratinos, apelou à comunidade internacional para "não ficar de braços cruzados".
 
O chefe de governo da Holanda, Jan Peter Balkenende, afirmou por sua vez que "condenar Israel não leva a nada, porque há dois lados nesta questão". "Enquanto os ataques com 'rockets' continuarem, os israelitas dirão sempre: "não podemos aceitar isto". E eu compreendo-os", afirmou Balkenende, citado pela agência AFP.
 
A Rússia, que faz parte do Quarteto para o Médio Oriente, mostrou-se "extremamente preocupada" e enviou hoje um emissário para a região, para mediar um cessar-fogo.
 
O governo português apelou também a um cessar-fogo entre as duas partes em conflito. "Portugal apela uma vez mais à contenção de ambas as partes, considerando imperioso o estabelecimento de um cessar-fogo que ponha fim ao conflito e ao agravamento da situação humanitária", refere um comunicado divulgado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros português.
 
Os países muçulmanos foram os mais duros nas posições assumidas em relação a Israel, na linha do que tem sido habitual nas últimas décadas.
 
O Egipto condenou "nos termos mais fortes" a entrada de forças terrestres israelitas em Gaza, propondo a abertura de corredores humanitários para acudir à população civil.
 
Também o Koweit exigiu o fim dos "crimes e massacres" israelitas em Gaza, enquanto o rei Abdallah II da Jordânia pediu ao Conselho de Segurança das Nações Unidas para "fazer cessar a agressão (...) e pôr fim à crise humanitária em Gaza".
 
aeiou.expresso.pt/gaza:_ofensiva_israelita_provoca_manifestacoes_em_todo_o_mundo=f489916

 

 

:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 12:30
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Gaza:Acontecimentos Desde o Início da Operação Militar Israelita

Notícias Sapo

noticias.sapo.pt/info/artigo/906828.html

 Página gerada às 02:11h, segunda-feira 05 de Janeir

 

 Gaza:
Os acontecimentos desde o início da operação militar israelita
 
05 de Janeiro de 2009, 00:07
 

Os acontecimentos desde o início da ofensiva lançada por Israel na Faixa de Gaza, que fez mais de 400 mortos palestinianos, entre eles pelo menos 25% civis, segundo a ONU, e cerca de 2000 feridos.

SÁBADO 27 DEZEMBRO

  • Israel lança ofensiva aérea contra o Hamas na Faixa de Gaza para pôr fim aos tiros de foguetes do Hamas (operação "chumbo grosso", de amplitude sem precedente nos Territórios palestinos desde 1967).
  • O Egipto abre o terminal de Rafah, na fronteira com a Faixa de Gaza, para acolher os palestinos feridos.
  • O chefe do Hamas no exílio, Khaled Mechaal, apela a uma terceira intifada, a revolta.
  • Pelo menos 230 palestinos são mortos, na maioria policias do Hamas (fontes hospitalares palestinas).
  • Apelos internacionais ao fim dos bombardeios e aos lançamentos de foguetes.

DOMINGO 28

  • Sinal verde de Israel para a mobilização de 6500 reservistas. O exército posiciona blindados na fronteira com Gaza.
  • Israel bombardeia 40 túneis usados para o contrabando de armas na fronteira entre Egipto e Gaza.
  • O Egito volta a fechar Rafah depois que palestinianos tentaram forçar a passagem. Um guarda de fronteira egípcio foi morto por tiros provenientes de Gaza. O terminal seguirá aberto ou a fechado, alternativamente.
  • Manifestações na Europa, nos países árabes e na Cisjordânia, contra os bombardeamentos.
  • "A agressão israelita" não permite o prosseguimento das negociações com Israel (Síria).

SEGUNDA-FEIRA 29

  • Israel, comprometido numa "guerra sem cartel" contra o Hamas, decreta o sector de fronteira do território palestino "zona militar fechada".
  • Um quarto israelita é morto por tiros de foguete disparados por palestinianos.

TERÇA-FEIRA 30

  • As forças terrestres israelitas dispõem-se a agir em Gaza (exército).
  • As operações em curso representam "a primeira fase entre várias outras já aprovadas pelo gabinete de segurança" (Israel). Sinal verde para a mobilização de um novo contingente de 2500 reservistas.

QUARTA-FEIRA 31

  • Prosseguimento dos bombardeamentos israelitas. Alguns tiros de foguetes palestinianos atingem até 40 km.
  • 106 camiões de ajuda humanitária internacional transitam de Israel em direcção a Gaza (fonte: Israel).
  • Israel rejeita as propostas de trégua da UE e do Quarteto para o Médio Oriente (Estados Unidos, UE, Rússia, ONU) e afirma que vai prosseguir as operações.
  • A Liga árabe faz um apelo à reconciliação dos palestinianos.

QUINTA-FEIRA 1 JANEIRO

  • O exército israelita anuncia ter enquadrado 30 alvos do Hamas, entre eles "ministérios", um prédio do Parlamento, túneis de contrabando e oficinas "de fabricação de foguetes".
  • Um dos principais líderes do Hamas, Nizar Rayan, é morto num bombardeamento israelita.
  • Mais de 40 foguetes são atirados de Gaza contra o sul de Israel atingindo principalmente Ashdod e Beersheva.
  • O primeiro-ministro israelita Ehud Olmert afirma não querer uma "guerra longa".
  • O Hamas desmente ter aceite "sob condições" as propostas de trégua da UE.
  • A chefe da diplomacia israelita Tzipi Livni vai a Paris para se encontrar com o presidente francês Nicolas Sarkozy que, por sua vez, deve realizar uma visita pelo Médio Oriente.

SEXTA-FEIRA, 2 JANEIRO

  • "Dia de ira": milhares de palestinianos manifestam-se na Cisjordânia e em Jerusalém, onde os confrontos opõem manifestantes às forças da ordem israelitas.

SÁBADO, 3 JANEIRO

  • Israel lança uma ofensiva terrestre contra o Hamas na Faixa de Gaza para pôr fim aos lançamentos de foguetes. A ofensiva israelita custou, até aqui, a vida de pelo menos 460 palestinianos, entre eles 75 crianças e 21 mulheres, e feriu 2350, segundo fontes médicas palestinianas.
  • O Hamas ameaça sequestrar soldados israelitas em caso de ofensiva terrestre de Israel.
  • À noite, o exército israelita anuncia que um "número importante de forças" israelitas participam da "segunda fase" da operação, que começou com a entrada de tropas no interior do território palestino. A ofensiva terrestre está prevista para durar "vários dias". O Hamas ameaça transformar o território palestino em "cemitério" para o exército israelita.

DOMINGO, 4 JANEIRO

  • Tropas israelitas, apoiadas pela artilharia e bombardeamentos, avançam em profundidade em vários sectores de Gaza. Os tanques tomam controlo de vários eixos estratégicos e entram em conflito directo com combatentes do Hamas.
  • 63 palestinianos são mortos, elevando a 512 o número de mortos neste território desde 27 de Dezembro.
  • Um primeiro balanço oficial israelita anuncia um soldado morto e 30 feridos.
  • Manifestações contra a ofensiva israelita e apelos ao cessar-fogo multiplicam-se no mundo.
SAPO/AFP
:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 07:00
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos

Contagem a partir do dia 17 de Dez de 2008

------------------------------

Deixe a Sua Sugestão...Opinião...Mensagem... ! :-)

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

ENVIE AS SUAS SUGESTÕES: Bomsensoamiguinhos@sapo.pt

PENSAMENTO DO MOMENTO Anilady

Mercados Financeiros: Esp...

Pensamento - Investir na ...

Foi com Surpresa e Enorme...

Bomsenso - Crise Naciona...

O que é a Ética?

Bomsenso - Ética e Mentir...

Bomsenso - GUERRA - GAZA ...

Bomsenso - Dívida Externa...

TAGS

portugal(252)

actualidade(125)

2010(105)

crise(93)

2009(71)

crise económica(66)

pensamento(65)

economia(61)

portugueses(60)

vídeo(54)

cultura(53)

lisboa(52)

história(50)

crise financeira(49)

ciência(48)

2011(46)

videos(44)

portugal-bem(43)

português(43)

presidente da república(43)

conhecer portugal(40)

provérbio(40)

política(38)

actualidade política(37)

citações(37)

pensamentos(37)

cavaco silva(36)

interesse geral(33)

cavaco(31)

viajar cá dentro(31)

património(30)

turismo(30)

saúde(28)

democracia(27)

conhecimento(26)

foto(26)

frases(26)

música(26)

politicos(26)

recessão(26)

viagens(22)

desemprego(21)

estado da nação(21)

europa(21)

frase(21)

tourist(21)

25 de abril(20)

ética(20)

global(20)

investigação(20)

presidente(20)

arte(19)

obama(19)

actualidade económica(18)

fotos(18)

lisbon(18)

poesia(18)

portuguesa(18)

sociedade(18)

conduta(17)

eua(17)

finanças(17)

histórico(17)

neve(17)

poema(17)

porto(17)

portugueses em destaque(17)

revolução(17)

sismo(17)

ue(17)

barack obama(16)

crise politica(16)

frio(16)

cravos(15)

economia real(15)

educação(15)

escritor(15)

história de portugal(15)

movimento(15)

opinião(15)

revolução dos cravos(15)

terramoto(15)

1974(14)

imprensa(14)

militares(14)

photos(14)

poeta(14)

vermelhos(14)

bomsensoamiguinhos(13)

crianças(13)

défice(13)

desconfiança(13)

eleições(13)

forças armadas(13)

mapa(13)

cinema(12)

guerra(12)

museu(12)

otelo saraiva carvalho(12)

photo(12)

todas as tags

PESQUISAR NO BLOG:

 
blogs SAPO
RSS