Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

Auxiliar de Memória de Acontecimentos do Mundo onde Vivemos

27
Jan11

Fórum Económico Mundial - Soluções para a Crise da Dívida na Europa

bomsensoamiguinhos

SIC

26/01/2011

 

 

Fórum Económico Mundial arrancou em Davos com crise da moeda única na agenda

 

A reunião de 2011 do Fórum Económico Mundial arrancou hoje na estância de inverno suíça de Davos. É um local de reflexão sobre soluções para a crise da dívida na Europa, as guerras cambiais e o risco de convulsões sociais.

 

O Fórum de Davos teve hoje início com o debate das novas dinâmicas do poder na economia global, que, no entender da organização e dos participantes, está a deslocar-se para o Oriente e para os países do Sul.

"O que está a acontecer, na realidade, é um desacelerar do mundo Ocidental ao mesmo tempo que os mercados emergentes estão a crescer. É uma mudança completa nos equilíbrios de poder", disse Azim Premji, presidente da tecnológica indiana Wipro.

"Em dez anos, a economia dos países emergentes será igual ou um pouco maior que a economia dos Estados Unidos", acrescentou.

No mesmo painel, o mais alto funcionário chinês no Fundo Monetário Internacional, Zhu Min, defendeu que a recuperação económica mundial está a ser conduzida sobretudo pela China e pela Índia.

"Para os mercados emergentes, o crescimento é muito forte. A China ainda vai conseguir ter cerca de nove por cento, a Índia terá cerca de oito por cento", acrescentou Zhu, antigo vice-governador do banco central chinês.

Martin Sorrell, presidente executivo da WPP, o segundo maior grupo publicitário mundial, resumiu a posição do painel: "Não é só uma passagem de poder do Ocidente para o Oriente, mas também" do Ocidente para o hemisfério Sul.

"Esta é década da América Latina, com o Brasil a organizar o Campeonato do Mundo de Futebol e os Jogos Olímpicos. E, na Ásia, não é só a Índia e a China, mas também países como o Paquistão, o Bangladesh e a Tailândia".

Fórum arranca à sombra dos atentados de Moscovo

O presidente da Federação Russa, Dmitri Medvedev, afirmou hoje que os organizadores do atentado de segunda-feira no aeroporto de Moscovo pretendiam colocar a Rússia "de joelhos" e frustrar a sua pretensão de captar investimento estrangeiro direto. 

 

 

Mas, "calcularam mal" disse Medvedev ao fazer o discurso de abertura da reunião anual do Fórum Económico Mundial em Davos, Suíça.

O Presidente russo disse aos líderes governamentais e empresariais reunidos na estância de inverno que o ataque "apenas reforça a vontade (da Rússia) de encontrar uma efetiva proteção internacional contra o terrorismo".

O ataque bombista no aeroporto Domodedovo, o maior dos três que servem a capital russa, matou 35 pessoas e feriu mais de 100 e levou os investidores estrangeiros a questionarem-se ao sublinhar os persistentes problemas de segurança na Federação Russa.

Medvedev enumerou razões pelas quais os investidores devem investir no maior pais do mundo, em termos de território, apesar de a economia se confrontar com corrupção e uma grande dependência do petróleo e dos recursos naturais.

"Estou convencido de que a democracia continuará a desenvolver-se, graças à modernização económica", considerou.

Medvedev admitiu que algumas das críticas da comunidade empresarial internacional feitas à Federação Russa eram "merecidas", enquanto outras eram mal dirigidas.

"Estamos dispostos a receber conselhos amigos, mas não precisamos de lições", acrescentou.

O encontro de Davos, com o tema "Normas Partilhadas para uma Nova Realidade", decorre entre 26 e 30 de janeiro.

 

 


 

Reunião em Davos

destaca importância dos países emergentes

para o crescimento global

 

 

11
Jul10

Mundial 2010 - Vitória da Selecção Espanhola

bomsensoamiguinhos

SIC

11-07-2010

22:02

Espanha campeã do mundo pela primeira vez

 

A Espanha sagrou-se este domingo campeã do mundo de futebol pela primeira vez após bater a Holanda por 1-0 já no fim do prolongamento.

http://sic.sapo.pt/online/noticias/desporto/Espanha+pela+primeira+vez+campea+do+mundo+de+futebol+apos+vencer+Holanda+por+10+no+prolongamento.htm

 

 


 

Vigo festeja vitória da selecção espanhola

 

 

29
Jun10

Espanha 1 - 0 Portugal (Final) - Oitavos de Final

bomsensoamiguinhos

RTP

Espanha 1 - 0 Portugal

 

Foto: RTP

 

 

Portugal foi esta noite afastado do Campeonato do Mundo ao perder por 1-0 contra uma Espanha bastante superior...

http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=Adeus-Africa.rtp&article=347964&visual=16&layout=55&tm=77

 


 

 

 

 

 

 

SELECÇÃO

 

BEM VINDOS A CASA !

 

{#emotions_dlg.blushed}

 

Bomsensoamiguinhos


14
Jun10

Mundial / Port Elizabeth / Bartolomeu Dias / Descobrimentos

bomsensoamiguinhos

RTP

2010-06-13

22:07:58

 

Port Elizabeth

foi posta no mapa por

Bartolomeu Dias

À cidade chega amanhã a selecção portuguesa de futebol. No entanto, já hoje recebia emigrantes portugueses que chegam para assistir ao jogo com a Costa do Marfim.

 


 

 

Rota da viagem de Bartomoleu Dias (1487-88)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bartolomeu_Dias

 

 

 

28
Abr09

Saúde - RTP na capital mexicana

bomsensoamiguinhos

 

Capital Mexicana

 

Máscaras

 

Utilizadas por Quase Todos os Habitantes

 

 

 

Vítor Gonçalves,

enviado especial da RTP à Cidade do México, constatou que na capital mexicana as máscaras, que tapam o nariz e a boca, são utilizados por quase todos os habitantes.

2009-04-28 20:09:12

 

 

17
Fev09

Jorge Sampaio Analisa a Crise

bomsensoamiguinhos

SIC

 

Jorge Sampaio analisa a crise

 

 

 

Jorge Sampaio fala da crise na UE

 

 

 

Ex-PR diz que há risco de “destruirmos o que construímos nos últimos 50 anosA estabilidade do sistema financeiro internacional passa pela realização de uma nova Conferência de Bretton Woods, para que dessa iniciativa saia um "novo quadro institucional", defendeu hoje em Lisboa o ex-Presidente da República Jorge Sampaio

 

O "novo quadro institucional" que deverá sair da conferência "deverá reflectir de forma apropriada os interesses dos países industrializados e também das economias emergentes e das populações mais nobres e que garanta o efectivo apoio ao desenvolvimento", salientou Sampaio, que exerce actualmente funções de Alto Representante da ONU para a Aliança das Civilizações.

As conferências de Bretton Woods estabeleceram em Julho de 1944 as regras para as relações comerciais e financeiras entre os países mais industrializados do mundo, tendo em 1946 sido estabelecidos o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional.

Jorge Sampaio, que intervinha na conferência de encerramento das celebrações do 25 aniversário do Centro de Estudos dos Povos e Culturas de Expressão Portuguesa (CEPCEP), da Universidade Católica Portuguesa, citou o discurso que o vice-Presidente norte-americano Joseph Biden proferiu sábado em Munique, Alemanha, para sustentar que, "sem desenvolvimento para todos, não há paz nem segurança sustentáveis no mundo".

"Por isso, mais do que nunca, importa prosseguir na via do multilateralismo porque enfrentamos problemas de dimensão global que só podem ser resolvidos através de mais e melhor cooperação internacional", disse.

A opção pelo multilateralismo visa aproveitar as "lições da história".

"Tal como em outros episódios passados de recessão, as opiniões associadas ao nacionalismo e ao populismo parecem ganhar novo fulgor e força", alertou.

Jorge Sampaio, que intitulou a sua conferência de "Sinais dos Tempos", sustentou que na actual crise, ao apostar-se no "reforço da cooperação" e na "concertação multilateral", importa começar pela construção europeia, "sob pena de destruirmos o que construímos nos últimos 50 anos".

"De facto, neste tempo de crise aguda, é necessário, mais do que nunca, que os governos não secundarizem as políticas de boa governação da diversidade cultural sob pena de estarmos a criar condições para uma explosão social de consequências políticas imprevisíveis", frisou.

A conferência de Jorge Sampaio encerrou as comemorações do CEPCEP, iniciadas em Fevereiro de 2008 com o cardeal patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, e prosseguiram em Dezembro passado com o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso.

Com Lusa

 

01
Fev09

O Schindler português, salvou 30 mil judeus desobedecendo à regra salazarista

bomsensoamiguinhos

 

Correio da Manhã

01 Fevereiro 2009 - 00h30

 

Aristides de Sousa Mendes

 

João Correa e Francisco Manso vão filmar vida de Aristides de Sousa Mendes (na foto), que desobedeceu a Salazar e salvou milhares dos campos de concentração nazis

 

João Correa e Francisco Manso vão filmar vida de

Aristides de Sousa Mendes (na foto),

que desobedeceu a Salazar

e salvou milhares dos campos de concentração nazis

 

 

 

Filme
Aristides de Sousa Mendes em biografia ficcionada
 
Cônsul heróico vai chegar ao cinema
 

Chamam-lhe o Schindler português, pois salvou 30 mil judeus desobedecendo à regra salazarista de não serem passados Vistos a refugiados, e ficou no terceiro lugar do concurso da RTP que elegeu ‘Os Grandes Portugueses’. Foi a "surpresa total" para José Mazeda, produtor de ‘O Cônsul de Bordéus’, filme que Francisco Manso e João Correa vão rodar a partir de 28 de Abril.

"Não imaginava que tanta gente conhecesse Aristides de Sousa Mendes", espanta-se o produtor, que ainda não escolheu o actor que interpretará o herói que resgatou tantas vidas ao Holocausto. "Será uma biografia ficcionada, com romance", diz Mazeda, já em negociações para levar a película além-fronteiras.

 

"À primeira vista, ele era um aristocrata, monárquico e progressista e só mais tarde percebi que esta primeira ideia derivava da má propaganda que se fez contra ele durante anos", conta João Correa, cineasta português radicado em Bruxelas há 46 anos, que desde há dez investiga a vida de Sousa Mendes. Hoje, mais do que um herói, Aristides é, para Correa, "um homem profundamente português nas qualidades".
 
Qualidades que encantaram também o primo Francisco Manso, co-realizador da produção de cerca de três milhões de euros da Take 2000. "Ele teve a coragem de pensar por si próprio e teve uma dose de humanidade do tamanho do Mundo", lembra o realizador.
 
Com apoios do Instituto do Cinema e Audiovisual, RTP e Instituto de Cinema e Artes Audiovisuais de Espanha – segundo o produtor, "o primeiro filme nacional com apoio espanhol" –, é uma co-produção portuguesa, espanhola e belga, estando em negociações a parceria com o Brasil.
 
A rodagem passa por Bordéus, França – centro dos acontecimentos de 1940, na II Guerra Mundial –, Norte de Portugal, Lisboa e Brasil (Manaus). ‘O Cônsul de Bordéus’ estreia até ao fim do ano.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

ESPAÇOS DO AUTOR

====================== INFORMAÇÃO GLOBAL PANDEMIA - LINKS UTEIS ======================

  • ======================

GRIPE HUMANA DE ORIGEM SUíNA, AVIÁRIA, PANDEMIA -> LINKS ÚTEIS

GRIPE HUMANA (Aviária e Pandemia) Ministérios Outros Países

PRESIDENTE DA REPÚBLICA

PESSOAS ADMIRÁVEIS

LEGISLAÇÃO

=> DIREITOS HUMANOS

INSTITUIÇÕES NACIONAIS

SIC-Soc. Informação e Conhecimento

FINANÇAS / IMPOSTOS

UE - INST. EUROPEIAS

Finanças,Gestão, Economia...

INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS

MÚSICOS E MÚSICAS

Imprensa / Informação

ONLINE - RÁDIO / TV / Imagens

EDITORES

ESPAÇOS CULTURAIS

LIVRARIAS

DADOS HISTÓRICOS

LIVREIROS / ALFARRABISTAS

ESPAÇOS AMIGOS

ESPAÇOS SUGERIDOS

VALEU A PENA CONHECER

RESTAURANTES

-> V I O L Ê N C I A

MEDICINA DENTÁRIA

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D