Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

ARQUIVO

PESQUISAR NO BLOG:

 

POST RECENTES

José Saramago Morreu

Língua Portuguesa - Dia d...

Agências de "rating" o es...

Volta ao Mundo - Navio-es...

Portugal - A volta ao Mun...

Dia Mundial Contra a Pena...

Exposição "Encompassing t...

Parabéns Senhor President...

LINKS

PESQUISAR NO BLOG:

 

Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31
Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

José Saramago Morreu

José Saramago

 

 

2010-06-18

 

O prémio Nobel da Literatura, José Saramago, faleceu aos 87 anos. O escritor, laureado com o Nobel em 1998, sofria de graves problemas respiratórios. "Caim" foi o último livro de Saramago a ser lançado.

 

 

 

Morreu José Saramago

Aos 87 anos, José Saramago faleceu na sua casa em Lanzarote. A câmara ardente com os restos mortais de José Saramago será instalada às 17:00 desta sexta-feira, hora de Lisboa, na Biblioteca José Saramago na localidade de Tías, na ilha espanhola Lanzarote.

A informação foi confirmada aos muitos jornalistas que estavam no exterior da casa de Saramago, nesta localidade, onde se deslocaram já, entre outros, o biógrafo do escritor, José Juan Cruz e o escritor Fernando Gómez Aguilera, director da Fundação César Manrique.

José Saramago vai ser cremado e as cinzas vão ficar em Portugal.

 

O site da Fundação José Saramago deu lugar a uma única página, com a mensagem:

 

"Hoje, sexta-feira, 18 de Junho, José Saramago faleceu às 12.30 horas na sua residência de Lanzarote, aos 87 anos de idade, em consequência de uma múltipla falha orgânica, após uma prolongada doença. O escritor morreu estando acompanhado pela sua família, despedindo-se de uma forma serena e tranquila."


...

 

Biografia


José Saramago nasceu na aldeia ribatejana de Azinhaga, concelho de Golegã, no dia 16 de Novembro de 1922, embora o registo oficial mencione o dia 18.


Os seus pais emigraram para Lisboa quando ele ainda não tinha três anos de idade. Toda a sua vida tem decorrido na capital, embora até ao princípio da idade madura tivessem sido numerosas e às vezes prolongadas as suas estadas na aldeia natal.


Fez estudos secundários (liceal e técnico) que não pôde continuar por dificuldades económicas. No seu primeiro emprego foi serralheiro mecânico, tendo depois exercido diversas outras profissões, a saber: desenhador, funcionário da saúde e da previdência social, editor, tradutor, jornalista.


Publicou o seu primeiro livro, um romance ("Terra do Pecado"), em 1947, tendo estado depois sem publicar até 1966. Trabalhou durante doze anos numa editora, onde exerceu funções de direcção literária e de produção. Colaborou como crítico literário na Revista "Seara Nova".


Em 1972 e 1973 fez parte da redacção do Jornal "Diário de Lisboa" onde foi comentador político, tendo também coordenado, durante alguns meses, o suplemento cultural daquele vespertino. Pertenceu à primeira Direcção da Associação Portuguesa de Escritores. Entre Abril e Novembro de 1975 foi director-adjunto do "Diário de Notícias". Desde 1976 vivia exclusivamente do seu trabalho literário.

 

http://livros.sapo.pt/noticias/artigo/27804.html

 

 


 

 

Prémio Nobel da Literatura

Foto@LUSA/Manuel Moura

José Saramago na cerimónia de entrega do Prémio Nobel da Literatura, em Estocolmo.

Fotografia de 10 de Dezembro de 1998.

 

http://noticias.sapo.pt/foto/1072562/

 

 


RTP

2010-06-18

19:01:20

 

Carlos Reis

coloca Samarago

acima da dimensão nacional

 

Carlos Reis é um dos maiores estudiosos da obra de José Saramago. O professor universitário vê na morte do escritor a perda de uma grande referência.


RTP

2010-06-18

13:33:32

 

Saramago,

prémio Nobel da Literatura

 

 

Morreu José Saramago. O primeiro prémio Nobel da literatura em língua portuguesa faleceu esta manhã em casa, na Ilha de Lanzarote, aos 87 anos.

 


 

RTP

2010-06-18

18:25:23

Discurso de Saramago na cerimónia da atribuição do Prémio Nobel da Literatura em 1998

 

José Saramago recebeu o Prémio Nobel da literatura em 1998. O discurso perante a Academia Sueca foi um dos momentos altos da vida do escritor. Saramago falou sobre muitos dos livros que escreveu. Recordamos aqui algumas das palavras sobre os títulos "Todos os Nomes" e "Ensaio sobre a Cegueira".

:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 22:05
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

Língua Portuguesa - Dia da Língua Portuguesa e da Cultura dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

 

Dia da Língua Portuguesa

e da Cultura

dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)


 


 

 

 

Ontem dia 5 de Maio ocorreram as celebrações do primeiro ano em que é assinalado o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

 

A Língua Portuguesa tem hoje mais de 260 milhões de falantes sendo como língua nativa a quinta língua mais falada no mundo.

 

Língua Portuguesa teve origem há cerca de dois mil anos no que é hoje o Norte de Portugal e Galiza, tendo derivado do latim vulgar falado pelos povos (Galaicos, Lusitanos, Célticos e Cónios) que habitavam a parte mais ocidental da Península Ibérica.

 

D. Dinis, em 1290 decretou o Português como lingua oficial e cria a primeira universidade portuguesa em Lisboa - O Estudo Geral.

 

O Português deu-se a conhecer ao mundo tendo sido bem acolhido a partir dos seculos XV e XVI com a expansão portuguesa e quando Portugal estabeleceu um Império Colonial e Comercial...

propagou-se pelo Brasil, Américas, Índia,  Macau, China, Timor, África ...

 

Consultei algumas páginas e a imprensa... e seleccionei alguns artigos sobre o tema que para aqui transcrevi.

 

Bomsensoamiguinhos

 

 


RTP

2010-05-05

21:05:24

Presidente

visitou escola para assinalar

Dia da Língua Portuguesa

Cavaco Silva diz que a Língua Portuguesa tem uma projecção em crescimento em todo o Mundo.

O Presidente visitou uma escola em Lisboa para assinalar o Dia da Língua Portuguesa e da cultura dos países da Lusofonia.


CM

05 Maio 2010

Dia da Língua Portuguesa

Por:João Saramago

Alunos de 35 nacionalidades acolhem Presidente

 

O Presidente da República, Cavaco Silva, visitou esta quarta-feira, a escola Secundária Eça de Queirós, nos Olivais (Lisboa) classificada como um exemplo no ensino do português

 

A Escola Secundária Eça de Queirós, em Lisboa, acolheu esta quarta-feira as celebrações do primeiro ano em que é assinalado o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

 

A escola conta com alunos de 35 nacionalidades, sendo considerada a escola nacional com alunos de mais países.

 

A directora da escola, Maria José Soares, explica que "o aparecimento de alunos de tão diferentes países resulta dos estrangeiros comunicarem um aos outros a existência na escola dos Olivais de aulas de português para alunos com uma outra língua materna".

 

A directora acrescentou que "também os adultos que frequentam as aulas de português para estrangeiros optam por colocar os filhos a estudar na escola".

 

O sucesso do ensino do português resulta, segundo explicou a professora "da preocupação de prestarem um ensino de qualidade que visa a inclusão".

 

As comemorações contaram com a presença do Presidente da República, Cavaco Silva, e da ministra da Educação, Isabel Alçada.

 

O Presidente classificou o trabalho realizado pela escola como um exemplo de promoção da "integração multicultural".

 

A cerimónia contou também com a presença de embaixadores dos países de língua portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Princípe e Timor-Leste).

 

Cavaco Silva salientou que o português é uma língua em forte expansão pelo que dos "actuais 250 milhões de habitantes dos países de língua portuguesa dentro de 20 anos serão 350 milhões".

 

O português é a quinta língua mais falada no Mundo, sendo a língua mais falada no Hemisfério Sul e na América do Sul. É também a segunda língua mais falada na África Austral e em grandes cidades como Paris, Caracas e Joanesburgo.

 


 

 

 

Consulta na Wikipédia

" ...

Portugal tornou-se independente em 1143 com o rei D. Afonso Henriques. A língua falada à época, o português antigo (antepassado comum ao galego e ao português modernos, do século XII ao século XIV), começou a ser usada de forma mais generalizada, depois de ter ganhado popularidade na Península Ibérica cristianizada como uma língua de poesia. Em 1290, o rei Dom Dinis cria a primeira universidade portuguesa em Lisboa (o Estudo Geral) e decretou que o português, até então apenas conhecido como "língua vulgar" passasse a ser conhecido como língua portuguesa e oficialmente usado.

 

No segundo período do português arcaico, entre os séculos XIVXVI, com as descobertas portuguesas, a língua portuguesa espalhou-se por muitas regiões da ÁsiaÁfricaAméricas. Hoje, a maioria dos falantes do português encontram-se no Brasil, na América do Sul. No século XVI, torna-se a língua franca daÁsiaÁfrica, usado não só pela administração colonial e pelos mercadores, mas também para comunicação entre os responsáveis locais e europeus de todas as nacionalidades. A irradiação da língua foi ajudada por casamentos mistos entre portugueses e as populações locais e a sua associação com os esforços missionários católicos levou a que fosse chamada Cristão em muitos sítios da Ásia. O Dicionário japonês-português de 1603 foi um produto da actividade missionária jesuíta no Japão. A língua continuou a gozar de popularidade no sudoeste asiático até ao século XIX. ..."

 

 

Língua oficial de:

 

Angola
Brasil
Cabo Verde
Guiné-Bissau
Guiné Equatorial
Macau ( República Popular da China)
Moçambique
Portugal
São Tomé e Príncipe
Timor-Leste

 

http://pt.wikipedia.org/wiki/Língua_portuguesa

:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 18:30
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

Agências de "rating" o escandalo financeiro da década

05-04-2010 12:44

 

 

Blogger

 

 

 

 

 

Agências de "rating" o escandalo financeiro da década

Paulo Pinto

 

 

O “rating” de Portugal baixou. Quem teve poder para isso foi a Fitch que o passou de AA+ para AA-. Através do seu responsável para os Mercados Emergentes, a Fitch afirmara recentemente que a comparação entre Portugal e a Grécia era demasiado simplista e o “rating” de Portugal significativamente superior.

 

As grandes agências de “rating” são americanas mas a Fitch é controlada pelos franceses da Fimalac.

 

As agências de “rating” já ameaçaram os Estados Unidos, como o fizeram com Portugal e outros países da Europa, mas com os EUA vão ficar só pelos ameaços. O que as agências de “rating” pedem aos Estados Unidos é o mesmo que pedem a Portugal, ou seja, que gastem menos.

 

Imagino que os países que compram a incessantemente crescente divida americana, e assim se tornam seus credores, também devem querer que os Estados Unidos gastem menos. A pergunta que fica é: porque é que então os Estados Unidos não gastam menos e ao contrário cada vez gastam mais?

 

Como cidadão responsável, gostaria de não ter que ver uma baixa no “rating” dos Estados Unidos porque isso traria certamente o caos aos mercados financeiros. Os EUA são o maior devedor do mundo. Devem, inclusive, mais que todos os outros países juntos. Os impactos colaterais são incalculáveis, talvez o fim do mundo como o conhecemos, mas estar dependentes das agências de rating... A notoriedade e relevância das agências de “rating” é totalmente imerecida, pelo que não é uma questão de regulamentação que pode resolver o problema, dado que é todo o modelo de negócio que é malicioso muitos dirão corrupto.

 

Os escândalos começaram no início do milénio com a Enron, a empresa que a revista “Fortune” apelidou de “a companhia americana mais inovadora”, durante seis anos consecutivos. Em 2000, cotava a 84 dólares, e um ano depois estava a 26 cêntimos. Foi à época a maior falência da história da América com activos de 65 mil milhões. As agências de “rating” foram acusadas de serem muito lentas a actuar, porque só o fizeram no último mês de vida da empresa, tendo argumentado com o factor “prudência”.

 

E foram-no em 2002 quando se deu o caso Worldcom, a segunda maior empresa de telecomunicações dos Estados Unidos. Em Abril, as agências de “rating” começaram a falar; em Maio, começaram a baixar o “rating”; em Julho, estava falida. Estava batido o recorde da maior falência da história com 104 mil milhões de activos.

 

Ainda em 2002, as agências de “rating” fizeram uma alteração aos seus conceitos-base, que se tornou muito importante na análise aos bancos.

 

Passou a ser considerado como valor para os bancos a noção de que os governos e os bancos centrais  (com a designação de intervenção externa)  não poderiam deixar cair os bancos mais importantes. Nesta peugada, os bancos dos diferentes países viram o seu “rating” melhorado. Nem tudo o que fizeram foi errado, porque, neste ponto, como se sabe estiveram absolutamente certas, houve efectivamente intervenção dos Governos. Onde estiveram erradas foi ao não terem previsto que alguns bancos poderiam vir a ser maiores que os bancos centrais dos respectivos países. Tal resultou na falência, por exemplo, do Banco Kaupthing Islandês, que era bem maior que o Banco Central da Islândia. Não serviu de nada o Kaupthing ter o maior “rating” possível AAA, a falência foi o caminho.

 

2003 foi o ano em que as agências de “rating” descobriram a verdadeira mina que era o “subprime”, ao colocar o seu selo de “aprovado”,  enquanto transformavam produtos financeiros medíocres em produtos AAA. O prémio Nobel Joseph Stiglitz, professor na Universidade da Columbia, chegou a afirmar que via as agências de “rating” como o factor principal da crise produzindo a alquimia necessária para transformar produtos de investimento modestos em produtos de “qualidade”. Segundo ele, os bancos não poderiam ter feito o que fizeram sem a cumplicidade das agências de “rating”.''


 

Poderíamos falar da Fannie Mae, da Freddy Mack, empresas que segundo a Reserva Federal estavam bem capitalizadas em Julho de 2008 e ‘’nacionalizadas’’ a 8 de Setembro, mês e meio depois. A seguradora AIG foi o episódio seguinte.

 

Não deixa de ser surpreendente que depois de mais de dois anos a tentar encontrar remédios para a crise em que vivemos nada ainda tenha acontecido a estas empresas de “rating”. Não deixa de ser surpreendente que desde o início do ano retomem um protagonismo despudorado com incidência na divida soberana Europeia.

 

A pergunta que se deve fazer, creio, é simples: estamos todos preparados para o futuro que nos espera sem o contributo das agências de “rating”, ou seremos complacentes o suficiente para continuar a ser vítimas de sociedades de “rating”, que vivem de um estatuto que claramente não merecem, independentemente do que nos possam dizer?

 

Subilnhado / negrito

do Bomsensoamiguinhos

:
Publicado por bomsensoamiguinhos às 20:45
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

Volta ao Mundo - Navio-escola "Sagres"

 RTP

  

País
 
Navio-escola "Sagres"
parte hoje para volta ao mundo
 
 
 
 
O navio-escola "Sagres" inicia hoje uma viagem à volta do mundo.
 
 
Trata-se da primeira em 26 anos que deverá durar cerca de 11 meses e a bordo vão 203 militares.
 
 
2010-01-19 10:51:45

 

 

 ⇔ ⇔ ⇔


Acompanhe a Viagem

 

http://ww1.rtp.pt/icmblogs/rtp/sagres/index.php?tag=2025&t=Itinerario.rtp

 

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:59
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

Portugal - A volta ao Mundo num Barco à Vela

SIC

 

A volta ao Mundo num Barco à Vela

 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 23:37
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Sábado, 10 de Outubro de 2009

Dia Mundial Contra a Pena de Morte

SAPO NOTÍCIAS

 09 de Outubro de 2009, 22:38

 

 

Dia Mundial Contra a Pena de Morte
assinala-se neste sábado
 
 
Assinala-se neste sábado o Dia Mundial contra a Pena de Morte, instituído há dois anos durante a presidência portuguesa da União Europeia.
 
Portugal foi também o primeiro país do mundo a prever a abolição da pena na Lei Constitucional, em 1867. Mas de acordo com a Comissão Europeia e a Amnistia Internacional, ainda há muito a fazer para acabar com esta forma de punição, já que os números de execuções permanecem elevados.
 
 
 

 A abolição da pena de morte é uma condição essencial para a adesão de qualquer estado à União Europeia, embora seja aprovada em regimes democráticos como o Japão ou os Estados Unidos. 

E em países como a China e Irão e a maior parte dos que compõem o Médio Oriente, a pena de morte é aplicada frequentemente.

De acordo com a Comissão Europeia, em 2008 foram executadas pelo menos 2390 pessoas em 25 países e 93% de todas as execuções conhecidas ocorreram em cinco: China, Irão, Arábia Saudita, Estados Unidos e Paquistão.
Em alguns casos, a pena aplica-se mesmo a menores de idade. A Amnistia Internacional defende que, desde 1991, 41 jovens foram executados no Irão e mais de 140 aguardam o mesmo destino no corredor da morte.
"O Último Condenado": Um inocente no corredor da morte
Para reforçar o impacto da data, o Canal História estreia no sábado o documentário "O Último Condenado", de Alexandrina Pereira (autora) e Rui Pinto de Almeida (realizador) - exibido às 16h com repetição às 23h.

 

 

 

 Os dois investigadores portugueses debruçaram-se sobre a evolução da pena e retra

tam em particular o caso do espanhol Joaquín José Martínez, que esteve quatro anos no corredor da morte, nos EUA, até provar a sua inocência.
Dos 19 meses de trabalho de investigação resulta um documentário que congrega depoimentos do ex-condenado, assim como de responsáveis da justiça, ensino ou apoio humanitário, tanto nacionais como norte-americanos.
A Amnistia Internacional, uma das entidades que contribuiu para a investigação, organiza na próxima semana um ciclo de conferências que discutem a pena de morte partindo da experiência de Martínez.
O ex-condenado estará presente nos encontros agendados para Lisboa (dia 13 às 18h no Anfiteatro 1 da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa), Porto (dia 14 às 17h no Salão Nobre da Faculdade de Direito da Universidade do Porto) e Coimbra (dia 15 às 15h no Anfiteatro 3.1 da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra).
Mais informações sobre o ciclo de conferências e a pena de morte no site da Amnistia Internacional.
@Gonçalo Sá

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 12:50
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 16 de Julho de 2009

Exposição "Encompassing the Globe. Portugal e o Mundo nos séculos XVI e XVII

 RTP

2009-07-15 21:23:42

 

 

Exposição mostra
Importância de Portugal
na
História da Globalização
 
 
A exposição "Emcompassing the Globe. Portugal e o Mundo nos séculos 16 e 17" foi originalmente concebida pela mais importante insituição museológica do planeta, a Smithsonian Institution, em Washington.

 


 ⇔⇔⇔

 

ver

 

MUSEU NACIONAL DE ARTE ANTIGA

 

http://www.mnarteantiga-ipmuseus.pt/

 

 

 

Morada
Rua das Janelas Verdes
1249 - 017 Lisboa

 

Horário do Museu
3ª feira: 14h00-18h00
4ª feira a Domingo: 10h00-18h00
Encerrado à 2ª feira

 

Como chegar ao MNAA
O Museu encontra-se servido, nas proximidades, por numerosas linhas de

autocarros e eléctricos:
  autocarros: 727, 713, 60 (paragem na Rua das Janelas Verdes)
                   14, 28, 32 (paragem na Av. 24 de Julho)
  eléctricos: 15, 18 (paragem na Av. 24 de Julho)
                 25 (paragem no Largo de Santos)

 

Mapa de localização de estacionamento


 

 

Publicado por bomsensoamiguinhos às 00:01
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

Parabéns Senhor Presidente !!!

JN

19h48m

 

 

Cavaco comemora 70 anos em "dia de trabalho normal”
 
  
  
A trabalhar normalmente no gabinete - foi esta a forma como o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, passou o dia do seu 70º aniversário, durante o qual já recebeu vários presentes e "todos de utilidade".
 
"Foi um dia de trabalho normal no gabinete e com uma iniciativa pública", afirmou Cavaco Silva, quando questionado sobre o dia de hoje, quarta-feira, em que comemora 70 anos.
 
O chefe de Estado, que falava aos jornalistas no final da inauguração da exposição "Encompassing The Globe. Portugal e o Mundo nos séculos XVI e XVII", que abre ao público na quinta-feira no Museu Nacional de Arte Antiga, adiantou ainda que o resto da noite será passada em família.
 
"Agora vou jantar com toda a família, com os filhos, com os netos e, neste dia, o que eu dou graças a Deus é pela boa saúde e pela boa família", sublinhou.
 
Quanto aos presentes que já recebeu, o Presidente da República disse apenas que foram "vários" e "todos de utilidade".
 
Interrogado sobre que presente gostaria de receber enquanto chefe de Estado, Cavaco Silva disse apenas que era uma pergunta "muito difícil de responder".
 
Relativamente à exposição que abre quinta-feira ao público no Museu Nacional de Arte Antiga, o Presidente da República deixou um convite a todos os portugueses para que aproveitem para conhecer o "conjunto notável de peças" que estão reunidas.
 
"Foi uma exposição que eu já tinha inaugurado há dois anos em Washington, uma magnifica exposição, um conjunto de peças muito valiosas que ilustram a aventura portuguesa do século XVI e do século XVII, mostra como Portugal foi pioneiro da globalização, como colocou os povos e as culturas em contacto, como espalhou conhecimento", declarou.
 
A exposição
 
"Encompassing The Globe. Portugal e o Mundo nos séculos XVI e XVII",
 
que estará patente até 11 de Outubro,
 
reúne 173 obras de cartografia, marfins, gravuras, esculturas, pinturas e ourivesaria provenientes de colecções públicas e privadas portuguesas e estrangeiras
 
 
Publicado por bomsensoamiguinhos às 22:45
Acesso ao Link do post | COMENTE ESTE POST OU SOBRE ESTE TEMA... | Adicionar aos favoritos
Bom Senso "É conservar uma Atitude Harmonizada em momentos decisão..., conflito..., possuir a capacidade de evitar a prática de acções ou actos impensados no intuito de posteriormente não se sentir embaraço, arrependimento..." Bomsenso

ENVIE AS SUAS SUGESTÕES: Bomsensoamiguinhos@sapo.pt

PENSAMENTO DO MOMENTO Anilady

Mercados Financeiros: Esp...

Pensamento - Investir na ...

Foi com Surpresa e Enorme...

Bomsenso - Crise Naciona...

O que é a Ética?

Bomsenso - Ética e Mentir...

Bomsenso - GUERRA - GAZA ...

Bomsenso - Dívida Externa...

TAGS

portugal(252)

actualidade(125)

2010(105)

crise(93)

2009(71)

crise económica(66)

pensamento(65)

economia(61)

portugueses(60)

vídeo(54)

cultura(53)

lisboa(52)

história(50)

crise financeira(49)

ciência(48)

2011(46)

videos(44)

portugal-bem(43)

português(43)

presidente da república(43)

conhecer portugal(40)

provérbio(40)

política(38)

actualidade política(37)

citações(37)

pensamentos(37)

cavaco silva(36)

interesse geral(33)

cavaco(31)

viajar cá dentro(31)

património(30)

turismo(30)

saúde(28)

democracia(27)

conhecimento(26)

foto(26)

frases(26)

música(26)

politicos(26)

recessão(26)

viagens(22)

desemprego(21)

estado da nação(21)

europa(21)

frase(21)

tourist(21)

25 de abril(20)

ética(20)

global(20)

investigação(20)

presidente(20)

arte(19)

obama(19)

actualidade económica(18)

fotos(18)

lisbon(18)

poesia(18)

portuguesa(18)

sociedade(18)

conduta(17)

eua(17)

finanças(17)

histórico(17)

neve(17)

poema(17)

porto(17)

portugueses em destaque(17)

revolução(17)

sismo(17)

ue(17)

barack obama(16)

crise politica(16)

frio(16)

cravos(15)

economia real(15)

educação(15)

escritor(15)

história de portugal(15)

movimento(15)

opinião(15)

revolução dos cravos(15)

terramoto(15)

1974(14)

imprensa(14)

militares(14)

photos(14)

poeta(14)

vermelhos(14)

bomsensoamiguinhos(13)

crianças(13)

défice(13)

desconfiança(13)

eleições(13)

forças armadas(13)

mapa(13)

cinema(12)

guerra(12)

museu(12)

otelo saraiva carvalho(12)

photo(12)

todas as tags

PESQUISAR NO BLOG:

 
blogs SAPO
RSS